2019 está chegando ao fim e 2020 já bate à nossa porta. O que esperar do novo ano e dessa nova década? Acima de tudo, as soft skills vão continuar como um destaque no mundo profissional, por isso, fique atento ao texto abaixo! Selecionamos algumas das principais soft skills para você desenvolver no ano que vem.

1.Respeito

O momento é importante para a história do mundo: estamos mais do que nunca falando sobre inclusão e diversidade. Mas isso, claro, exige respeito. No ambiente de trabalho (e fora dele), pratique essa postura. Deixe as pessoas terminarem de falar antes de dizer alguma coisa, seja cortês, ouça de verdade o que elas têm a dizer e reconheça a participação dos outros no seu dia a dia. Ah, uma ideia: chegar no horário para o trabalho ou para reuniões também é uma forma de respeito, tanto consigo mesmo quanto com os demais. 

2.Interesse

Um estudo mostrou que, nos Estados Unidos, 48% dos trabalhadores já se sentiram envergonhados por não saberem o nome de um colega de trabalho. Ou seja: preste atenção! Durante o seu dia, tenha interesse pelas pessoas. Se elas contaram que vão fazer uma viagem ou que não se sentiram bem depois de uma reunião, pergunte a elas sobre o assunto. Tenha interesse e considere que essas pessoas buscam reconhecimento tanto quanto você. 

3.Foco

A melhor maneira de se manter focado quanto está com alguém é colocar o telefone de lado. Sim, coloque o aparelho longe de vista quando for conversar com alguém, olhe a pessoa nos olhos e mantenha o seu corpo alinhado com isso. Isso ajuda você a se manter focado apenas nela e no que ela está dizendo. O que nos leva à quarta soft skill para desenvolver em 2020:

4.Capacidade de ouvir

Segundo a Fast Company, existem três formas de ouvir: fisicamente, mentalmente e emocionalmente. No primeiro caso, você escuta o som da voz de alguém e trabalha com a sua linguagem corporal para saber se a comunicação está acontecendo. 

Ouvir mentalmente significa conectar a sua mente com a mente da outra pessoa. Mas, calma, isso não é místico. Tem muito a ver com a sua capacidade de ouvir o que o outro diz e pedir feedbacks sobre o que você disse ou as decisões que tomou ao longo do tempo. 

Ouvir emocionalmente é entender e identificar o que aquela pessoa está sentindo, e validar as suas sensações. Aqui, também vale perguntar o que está acontecendo para ter mais clareza do que o outro sente. Dizer “O que você sentiu com esse projeto?” é um exemplo. 

5.Amor

Amor e ambiente de trabalho combinam? Claro, desde que “amor” signifique compreensão, parceria, empatia, compaixão e afeto. É possível, sim, levar esse sentimento para o trabalho e usá-lo para criar um ambiente melhor para se trabalhar. Uma forma de fazer isso é, justamente, usando a palavra “amor” para descrever o desempenho das pessoas, como “Eu amei o que a sua equipe fez com aquela apresentação”.

Fale com o PraCarreiras