Como o Linkedin ajuda os Brasileiros?

O Linkedin possui 35 milhões de usuários brasileiros. Isso equivale a população do Marrocos ou do Canadá ou três vezes mais do que a da Bélgica.

A rede ganha dois usuários novos por segundo no mundo, que já conta com 590 milhões de profissionais cadastrados.

E mesmo com o alto volume e crescimento acelerado, tem muita gente que não acredita que o Linkedin funciona.

Mas afinal, o que é o Linkedin?

O Linkedin é uma rede social assim como o Facebook e o Intagram.

A diferença é que em vez de amigos, você tem conexões profissionais e em vez de ver fotos de amigos na praia, por exemplo, as postagens são relacionadas ao mercado de trabalho.

Por isso, já começamos essa postagem com uma dica valiosa: cuidado com o que você posta no Linkedin.

Muitas pessoas confundem a proposta da rede e acabam postando conteúdos inadequados e isso pode ter um impacto negativo com sua rede.  Portanto, poste apenas conteúdos profissionais.

Afinal, como o Linkedin funciona?

O Linkedin funciona como uma rede de relacionamento, na qual o objetivo é mostrar aptidões e skills através de postagens e debates com outras conexões. Também é uma plataforma de exposição de currículos e troca de mensagens entre candidatos e recrutadores.

O Linkedin é uma poderosa ferramenta de networking, pois você pode estabelecer conexões com profissionais de diversas empresas, cargos e regiões. Portanto, quanto mais conexões você tiver, maior probabilidade de conseguir uma nova recolocação no mercado.

Muita atenção ao criar um perfil no Linkedin. Quanto mais informações você preencher, maior a probabilidade de ser chamado para uma entrevista de emprego. Preencha todos os campos, inclusive o de habilidades, conquistas e idiomas.

Capriche na foto – evite aquela que você tirou em uma balada ou festa de casamento. Ao fazer isso, o seu perfil vai receber a classificação de Perfil Campeão.

E o que isso significa?

Que o ser perfil terá 13 vezes mais chance de aparecer nos buscadores dos recrutadores do que outras classificações de perfis.

Fomos algumas vezes no Linkedin para entender como o Linkedin funciona na prática para quem sonha com um novo emprego. O Linkedin serve como um buscador estilo do Google: ele vai atrás de palavras-chaves exigidas para uma determinada vaga e já elimina candidatos de forma automática.

Portanto, seu currículo precisa conter as palavras-chaves relevantes para aumentar suas chances de ser chamado para uma entrevista de emprego.

Como sabemos que existe muita dúvida acerca do Linkedin, o que é preciso para ser chamado para uma entrevista, como montar um perfil, etc, resolvemos criar um espaço para discutirmos sobre essa rede social.

Muitas de nossas matérias são gravadas diretamente com o time do Linkedin para trazermos o conteúdo mais preciso e eficiente para sua jornada em busca de um novo emprego.

Também possuímos uma página do PraCarreiras no Linkedin e um grupo de discussão chamado Orientação para Novo Emprego ou Recolocação Profissional ( Clicando aqui – https://www.linkedin.com/groups/8738812/ ).

Conte com o PraCarreiras!