recrutador espera

Montar o currículo perfeito vai além de saber o que você deve destacar ou não. Na verdade, existe um passo além que é entender o que um recrutador espera ver no seu CV para aumentar as suas chances de conseguir a vaga dos sonhos. 

Por isso, o PraCarreiras conversou com Monique Cipriano, Coordenadora de Gente e Gestão na Printi para entender o que os recrutadores buscam em um CV. Fique ligado: 

O que um recrutador espera ver no seu currículo:

1.Clareza de informações

Segundo Monique, é muito importante estruturar o seu currículo de forma clara, sem informações repetidas e organizado por ordem cronológica. Nada de colocar a mesma experiência mais de uma vez para fazer volume ou elencá-las segundo o seu critério de importância. 

“Tudo vai depender da área que você atua, mas a experiência tem que estar escrita de forma objetiva, onde o recrutador possa entender o papel que ele exercia, os desafios que tiveram e os resultados alcançados”, diz ela. 

2.Equivalência com a vaga

Para a coordenadora, o que costuma fazer os recrutadores descartarem um currículo de imediato é quando o candidato não tem o perfil da vaga. Isso acontece quando você se candidata para um trabalho que não está de acordo com as suas experiências profissionais – como um analista de marketing que se candidata para uma vaga de gerente financeiro. 

Ela explica: “Isso acontece muito quando o profissional está fora do mercado de trabalho há alguns anos e começa a querer a chamar atenção dos recrutadores. Mas não é efetivo e pode até comprometer negativamente o currículo dele”. Se esse é o seu caso, lembre-se que tem coisas mais efetivas que você pode fazer pela sua carreira quando está desempregado e que vão ajudar você com a recolocação. 

3.Área de atuação em destaque

Para Monique, existem muitas informações importantes em um currículo vitae, porém, o que deve ficar em destaque é a sua área de atuação. Seja Finanças, RH ou Tecnologia, isso precisa ficar claro logo de cara, já que é um bom primeiro filtro para os recrutadores. 

4.Cuidado com as informações

Um recrutador só vai olhar o seu currículo inteiro a depender da área e do nível da vaga. Por isso, vale a pena sempre investir com carinho em algumas categorias principais, como: graduação, as suas três últimas experiências profissionais e idioma (principalmente quando a posição exige domínio de outra língua). 

5.Conhecimento sobre o CV

Ao ler um currículo, um recrutador pode ter muitas dúvidas. “Por que esse profissional pulou tanto de uma empresa para outra em poucos meses?” “Por que ficou mais de 4 anos na empresa e não evoluiu na carreira?” “Você era cobrado por quais métricas?” “Quais foram os resultados alcançados com este ou aquele projeto?” Para respondê-las, você precisa ter conhecimento do seu próprio currículo e da sua experiência profissional, portanto estude a si mesmo! 

Fale com o PraCarreiras