Não consegue entrevistas? Descubra se é você ou seu currículo

Seu currículo

Não consegue entrevistas? Descubra se é você ou seu currículo, esse é o tema do artigo de hoje, escrito por Christopher Spikes , fundador e CEO da Authen *

Existem diversas fontes ensinando como escrever seu currículo, mas será que está correto? O seu currículo está atualizado mas você não consegue entrevista? Veja algumas dicas.

Inclusive recomendo que invista tempo pesquisando no Google, como por exemplo dicas de formatação, seções do que escrever, uma breve introdução, etc.

O que tenho para dizer é, acredito eu, a parte mais crítica ao formular um CV e para a qual ninguém costuma oferecer ajuda: descrever o seu perfil profissional.

Seu currículo: Para começar, é preciso investir em dois elementos

Verbos “power”, de ação

Você vai encontrar em muitos guias sobre CV que é preciso começar todas as frases com verbos de ação. Na verdade, isso é apenas uma parte do que realmente precisa. Os verbos utilizados precisam ser de “poder”/autoridade, como:

• Liderança: liderei, gerenciei, chefiei;

• Criação: criei, desenvolvi, montei;

• Mudança: aumentei, migrei, mudei;

Obs: Perceba que eu não coloquei verbos como vivenciei ou participei. Se apenas vivenciou ou participou de algo durante sua carreira inteira, até agora, significa que você é uma pessoa passiva, não demonstrando proatividade em querer mudar as coisas ao seu redor. Para seu próximo trabalho, pense como pode mudar isso.

Seu currículo: Composição

Verbo de poder + iniciativa + resultado quantificado + contexto do resultado

Esse formato (verbo + iniciativa + resultado quantificado) é de extrema importância, uma vez que norteia seus principais aspectos como profissional. Como bônus, gosto de acrescentar o contexto que gerou esse resultado, se possível. Alguns exemplos:

verbo de poder + iniciativa + resultado quantificado + contexto do resultado

• Desenhei + campanhas inovadoras de marketing ao misturar o online com offline + como consequência ganhamos 12 prêmios + nacionais de marketing nos últimos 14 anos.

• Aumentei + em 35% + o faturamento anual do segmento de hotéis, + segmento antes com faturamento em queda, através do desenvolvimento de um programa de contas chaves e implantação de um processo que aumentou a produtividade das vendas e qualidade dos contratos.

• Bati ou superei + a meta de rentabilidade + todos os meses por 10 anos em duas lojas, + me tornando o único gerente com esse recorde.

Obs: Se você não pode quantificar e/ou contextualizar suas ações, isso mostra que, provavelmente, você está executando cegamente e não buscando entender o impacto do seu trabalho na organização ou resultados finais. Na minha opinião, é exatamente esse ponto que separa as pessoas que crescem rapidamente das pessoas que ficam estagnadas em um mesmo cargo para o resto da vida.

Obs 2: Essa observação, é inclusive, uma ótima reflexão para você fazer enquanto está empregado. Se estiver com dificuldades em quantificar/contextualizar suas ações, isso provavelmente indicará um problema na sua performance, o que atrapalha seu crescimento dentro da empresa atualmente. Ou seja, a dica não funciona apenas de forma retroativa para adicionar uma experiência no CV, mas também é um importante exercício para o presente.

Seu currículo: Uma breve história

Certa vez, estava conversando um amigo meu, que ocupava o cargo de analista, sobre a experiência profissional dele. Ele havia implantado um sistema de emissão de boletos na empresa que trabalhava mas descrevia esse feito como uma simples tarefa, não conseguia enxergar o valor.

Após algumas provocações durante um exercício de reflexão que não durou mais de 30 minutos, ele percebeu que esse sistema havia feito com que o prazo de recebimento de contas a receber caísse 10 dias, liberando R﹩ 3,5 milhões de caixa mensal para a empresa.

Assim, é importante fazer esse caminho toda vez que pensarmos em descrever nossa trajetória profissional: que valor eu gerei com minhas ações? Como posso contar essa história de uma forma convincente?

Em resumo, não pense que o problema é apenas a sua habilidade de escrever um bom CV. Em muitos casos, a forma como lidamos com os empregos por onde passamos é o que nos acrescenta como profissional, assim ter uma mentalidade que agregue pontos importantes de serem compartilhados. Se sua ambição é crescer em uma organização, para gestão ou diretoria, primeiro é preciso pensar como gerente geral.

Espero que esse texto tenha te ajudado a construir um novo CV. Se você já é um líder e tiver interesse em ajudar outros, aproveito para te convidar a participar do #cvchallenge, se ofereça a ajudar 5 profissionais que precisam de ajuda por 30 minutos no Linkedin. Assim, vamos baixar a taxa de desemprego no país e apoiar uns aos outros.

Seu currículo: Sobre Christopher Spikes

Nascido em Grand Rapids, Michigan – USA, Christopher Spikes é graduado em Engenharia Mecânica pela Grand Valley State University e mestre em Administração de Empresas pela University of Chicago Booth School of Business com foco em finanças e economia.

Operador experiente de estratégia e varejo, Spikes já ocupou posições de liderança nas áreas estratégicas da Bain & Company, bem como no Groupon Brasil, apoiado pela Rocket Internet, onde conseguiu transformar uma de suas unidades com desempenho inferior. Em 2015, o norte-americano fundou a Authen, marca brasileira do segmento de Techical Activewear voltada para corrida de rua com foco nas mulheres.

Leia também – Nem tudo pode ser simplificado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui