Plataforma de Recrutamento e Seleção acessível para pessoas com deficiências auditivas e surdez

Recrutamento e Seleção

O objetivo da empresa é aumentar a empregabilidade no Brasil com a plataforma de Recrutamento e Seleção acessível.

Outro ponto é contribuir com a diversidade no mercado de trabalho, para que pessoas com deficiências auditivas e surdez possam ter acesso a mais oportunidades.

A Gupy, plataforma líder no Brasil em recrutamento, seleção e admissão via inteligência artificial, por meio de uma parceria com a empresa Hand Talk, acaba de incorporar à sua plataforma um serviço gratuito de tradução da Língua Brasileira de Sinais (Libras), a fim de melhorar a acessibilidade de pessoas com deficiências auditivas ou surdez.

O sistema funciona com uma tradutora virtual – a Maya – que atua de modo bem simples: basta passar o cursor pelo conteúdo do site, que ele será exibido na Língua Brasileira de Sinais.

Recrutamento e Seleção: Novo recurso

Com este recurso, profissionais com deficiências auditivas ou surdez poderão se candidatar às vagas publicadas pelas empresas, assim como realizar algumas etapas do processo de seleção através da plataforma.

No Brasil, segundo pesquisa do Instituto Locomotiva, há aproximadamente 10,7 milhões de pessoas com deficiências auditivas ou surdez, sendo que apenas 37% estão empregadas.

Por outro lado, menos de 1% dos sites brasileiros possuem acessibilidade para este público, o que inclui os portais de emprego e as plataformas de recrutamento e seleção. Isso significa que milhões de pessoas não conseguem acessar as oportunidades de trabalho publicadas na internet.

Recrutamento e Seleção: O objetivo

“Diante desse cenário, o nosso objetivo de tornar a nossa plataforma de recrutamento e seleção mais acessível para pessoas candidatas com deficiências auditivas e surdez tem duas vertentes muito importantes: a primeira, naturalmente, é garantir que elas consigam acessar as vagas publicadas pelas empresas, lembrando que muitos são alfabetizados apenas na linguagem de sinais; a segunda, é incentivar que mais empresas tornem os seus processos seletivos mais acessíveis para empregar estes profissionais e preparem um ambiente de trabalho inclusivo para recebê-los”, comenta Guilherme Dias, CMO & Cofundador da Gupy.

Felizmente, já há empresas que trabalham para mudar o cenário de empregabilidade desta população, tornando os seus processos seletivos mais acessíveis e seus ambientes de trabalho mais inclusivos.

“Sabemos que há muito a ser feito para que realmente as empresas sejam mais acessíveis e inclusivas, mas estamos dando o primeiro passo para igualar o acesso a oportunidades.

Com certeza existem profissionais incríveis que poderiam dar o “match” perfeito com as posições de trabalho publicadas na Gupy mas, por falta de acessibilidade, não conseguiam nem se candidatar.

Isso é só o começo, ainda faremos outras melhorias em acessibilidades e esperamos que, com esta ação, outras empresas também se inspirem a tornar seus processos mais acessíveis e inclusivos.

Recrutamento e Seleção: Um novo mundo

Estamos trabalhando por um mundo com mais gente realizada e entendemos que estar empregado e trabalhar em um ambiente inclusivo, onde as pessoas se sintam acolhidas, é essencial para alcançar este propósito”, conclui Guilherme Dias.

Inicialmente, a tradutora Maya estará disponível em todas as páginas do site e do blog da Gupy, assim como em toda a área destinada a pessoas candidatas, o que inclui as páginas de carreiras das empresas, geradas por meio da Gupy.

Recrutamento e Seleção: Sobre a Gupy

A Gupy é a empresa líder em tecnologia para recrutamento e seleção com base em Inteligência Artificial no Brasil. Utilizando Inteligência Artificial, People Analytics e um grande foco em experiência do usuário, o Gupy Recrutamento e Seleção, e o mais novo, Gupy Admissão, suportam 100% da gestão de candidatos e vagas, do momento da abertura da oportunidade até a admissão concluída do novo colaborador.

O objetivo da startup é transformar a experiência da contratação em um processo simples e preciso para os candidatos também se desenvolverem durante seus processos de seleção, além de possibilitar que os RHs das empresas e seus Gestores consigam rapidamente fechar uma vaga com o talento mais aderente ao perfil.

Com grandes clientes como Ambev, GPA, Sicredi, Vivo, Cielo e Renner e atuação em cinco países, o projeto foi acelerado pela Telefónica Open Future em 2015 e conta hoje com investimentos da Canary, Yellow Venture, Maya Capital, Valor Capital e Oria Capital.

Leia também – O duplo preconceito vivenciado por idosos negros, gays, índios e PcD.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui