Veja como ter sucesso com Perfumaria

Na década de 1990, quando, no Brasil, não existiam especialistas nos grupos olfativos, matérias-primas e combinações que dão origem aos perfumes, Renata Ashcar começou a desbravar, sozinha, esse universo. Nessa entrevista, você vai saber tudo para ser um especialista em perfumes.

O interesse pelo tema se mostrou mesmo antes de concluir a faculdade de Publicidade. Seu trabalho de conclusão de curso foi a criação de uma linha de perfumes.

“Nesse momento, vislumbrei possibilidades enormes, porque era um mercado quase virgem. O Brasil era um país de economia fechada…”, relembra Renata. Ela começou sua atuação profissional como designer de frascos e hoje é a maior autoridade brasileira em perfumes.

Além de avaliar as criações das mais importantes empresas brasileiras, ela realiza palestras. E, atualmente, é professora do curso de Consultor de vendas especializado em perfume, da ETEC Parque da Juventude, em São Paulo.

Além disso, ela é autora do livro Brasil Essência: a Cultura do Perfume, primeiro em português sobre o assunto.

Todos os desafios inevitáveis a quem decide abrir caminho por uma área nova trouxeram a Renata conhecimento e experiências únicas. E hoje, ela compartilha com o mundo.

“Posso dizer que trilhei um caminho onde não existia nada. Fui me desenvolvendo com muita garra, vontade e acreditando que era possível fazer algo diferenciado”, conclui.

PC: Qual é a essência (sem trocadilhos rs) do trabalho que você faz? O que significa ser um especialista em perfumes no Brasil?

Como uma autoridade nessa área no Brasil, meu trabalho está, acima de tudo, na difusão da cultura do perfume.

Tenho um compromisso muito grande com a causa da educação.

O Brasil é um mercado muito importante na perfumaria. Hoje nós estamos em segundo lugar do mundo em consumo de perfumes, só perdemos para os Estados Unidos.

E as pessoas conhecem pouco sobre o assunto, embora se interessem bastante.

PC: Como é o seu dia a dia como especialista em perfumes?

É alucinante. Acredito que até mesmo pela posição que alcancei, não me faltam atividades. Estou sempre avaliando perfumes.

Todas as empresas me enviam suas criações quando lançam. Eu avalio, classifico, faço uma pesquisa completa de todos os perfumes lançados e publico no meu guia todos os anos.

Atendo a várias palestras e eventos. Também estou fazendo um curso na ETEC Parque da Juventude para formação de vendedores especializados em perfumes. Com duração de 500 horas.

Um curso maravilhoso.

PC: Qualquer pessoa pode se tornar especialista em perfumes ou existe algum talento nato ou habilidade a se desenvolver antes de ingressar nessa carreira?

Nesses tempos de redes digitais, o que aparece de especialistas não é brincadeira.

Mas o profissional precisa conhecer muitas coisas. Imagine que um perfumista, para formular um perfume, assim como um artista usa as cores, deve conhecer cerca de três mil ingredientes.

Temos que passar a vida inteira cheirando, conhecer os grupos olfativos, as matérias-primas, os tipos, as combinações.

É um conhecimento maravilhoso, mas muito extenso, porque perfumaria também é História, Geografia, Química, envolve várias vertentes de aprendizado.

PC: Este é um nicho bastante específico do mercado. Você acredita que há espaço para mais profissionais se especializarem no ramo em que você atua?

Existe bastante espaço. A perfumaria envolve várias atividades. A Geografia, por exemplo, para o estudo de cada matéria-prima, pois, embora existam 200 tipos de rosas, apenas três têm cheiros que podem ser usados em perfumes, uma na Turquia, outra na Bulgária, outra no Sul da França.

E tem toda a equipe que trabalha junto com o perfumista. O avaliador, o pessoal de laboratório, marketing… é uma área com muitas oportunidades e eu acredito que vai crescer cada vez mais.

PC: Quais foram os principais desafios que você enfrentou para chegar ao patamar em que está hoje?

O principal desafio que enfrentei foi aos 21 anos, quando me formei. Sofri um acidente de carro muito grave e fiquei em coma por um mês, entre a vida e a morte.

Neste momento, descobri Deus na minha vida e isso me deu muita fé, a força de viver e a coragem para chegar onde estou. Depois disso, perdi o medo de tudo. Sou movida a desafios.

Quando decidi fazer o livro também foi um momento bem importante. O livro se chama Brasil Essência: a Cultura do Perfume e, nessa época, como eu comentei, não havia nada escrito sobre o assunto.

Então eu fiz um trabalho de pesquisa superextenso e foi um desafio enorme.

Na época, eu estava no topo como designer de vidros de perfume e deixei tudo para fazer o livro, acreditando no sonho.

PC: Existe algum aspecto do seu trabalho que você considera chato?

Não, nenhum. Eu amo meu trabalho na perfumaria.

É fascinante, um universo que me deixa encantada por mais que eu trabalhe com isso há 30 anos.

Sempre há descobertas, coisas novas para fazer. Uma dica para quem está em busca de uma profissão: nós temos que trabalhar com o que gostamos, porque aí o trabalho é um prazer.

PC: O que você entende por sucesso? Considera-se bem-sucedida profissionalmente?

Considero-me muito bem-sucedida. Sucesso é quando você faz o que quer e recebe o reconhecimento das pessoas.

Todo esse trabalho que eu tive, de abrir caminhos e fazer tudo pela primeira vez, me trouxe um reconhecimento enorme da comunidade da perfumaria e uma autoridade única.

Hoje eu posso me considerar uma pessoa de sucesso não só no Brasil como no mundo, pois são poucas as pessoas que conhecem a história da perfumaria do Brasil como eu.

Summary
Abra seu próprio caminho profissional
Article Name
Abra seu próprio caminho profissional
Description
Como é a carreira de uma especilista em perfumes. Carreiras alternativas no mercado. Qual profissão escolher. Profissões em alta no mercado.
Author
Publisher Name
PraCarreiras
Publisher Logo