A baiana Adriana Souza Lima veio para São Paulo com 18 anos, carregando sonhos e expectativas típicos de quem resolve trocar a calmaria de Feira de Santana pelo ritmo frenético paulistano. Esse poderia ser um clichê ou uma história semelhante aos cerca de 50 mil...