21.3 C
São Paulo
segunda-feira, abril 19, 2021
Início Guia de Profissões Técnico em Enfermagem

Técnico em Enfermagem

Como toda carreira na área de saúde, a enfermagem exige muito conhecimento técnico e comportamental. Então, se você sonha em ser um técnico em enfermagem, lembre-se que precisará  de muito estudo e dedicação na carreira.

O enfermeiro e a enfermeira se dedicam à ajudar, auxiliar e restabelecer a saúde das pessoas. Por isso, atuam junto com médicos, nutricionistas, psicólogos e terapeutas em geral.

Por sua vez, também realizam a coleta de exames e de dados sobre o estado de saúde do paciente.

Bom, o mercado de trabalho costuma ser aquecido. Isso porque todos os hospitais e clínicas necessitam de enfermeiros com boa formação e preparados para auxiliar médicos e pacientes.

Atuação

 

Nos hospitais, a profissão em enfermagem é essencial, atuando em diferentes setores, desde a UTI até a área de psiquiatria. Portanto, são vastas as oportunidades de atuação.

Técnico em enfermagem: perfil

 

Como dissemos, é importante focar nos estudos para ser um bom técnico em enfermagem. Por isso, o enfermeiro mais valorizado é aquele que possui graduação em enfermagem e também a realização de mestrado e doutorado na área. Também é indicado a realização de cursos de especialização e de extensão em determinados tipos de doenças e terapias. Com isso, suas chances no mercado vão subir muito.

Além disso, o técnico em enfermagem deve ter ética ao cuidar do corpo e da condição física e psicológica do paciente evitando expor o paciente ao constrangimento e à piora de seu estado.

Pode atuar também em áreas educativas na sociedade, levando, portanto, informações para clínicas de família, postos de saúde e comunidades locais.

Atuação do técnico em enfermagem

Bem, a profissão em enfermagem exige do profissional a capacidade de realizar a higiene, a alimentação, medicação e curativos. Então, na saúde coletiva pode atuar na prevenção de doenças ou fazendo trabalhoeducativo.

O enfermeiro licenciado, por sua vez, pode dar aulas teóricas e práticas em cursos profissionalizantes que formam auxiliares em enfermagem.

Técnico em enfermagem: cursos

Além do antigo curso técnico em enfermagem, os atuais profissionais buscam também realizar cursos superiores e de extensão para se tornarem em profissionais melhores.

Como dissemos, é importante que você faça o máximo de cursos para se especializar na área.

Hoje, existem muitas opções de cursos de enfermagem na internet. Então, basta procurar os que mais se encaixam no seu perfil.

Vamos dar alguns exemplos:

– Portal Educação;

– Learn Café;

– iPed;

Além disso, é importante focar nas suas habilidades comportamentais também. Então, busque cursos na área de atendimento, liderança e marketing pessoal, por exemplo.

Técnico em enfermagem: salário

Como ainda não está muito certa a questão do piso salarial para enfermagem, o COFEN (Conselho Federal de Enfermagem) criou uma tabela de enfermagem e salários por hora:

– R$ 271 a hora em atividades administrativas;
– R$ 327 a hora para partos;
– R$ 274 a hora em atividades de ensino;
– R$ 135 a hora para curativos complexos;
– R$ 135 a hora para punções;
– R$ 75 a hora para esterilizações;
– R$ 57 a hora em nebulizações;

De acordo com a Sine (Sistema Nacional de Empregos), no entanto, o salário de um enfermeiro pode variar de R$ 1.8 mil até R$ 4,5 mil, dependendo do cargo, empresa e tempo de carreira.

Porém, o salário pode ser muito variado e não seguir esse padrão. Em alguns casos, o salário pode chegar próximo aos R$ 7 mil.

Portanto, esforce-se para conseguir o melhor salário em enfermagem possível.

Distribuição de profissionais

 

Na profissão em enfermagem, segundo dados da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) e do Cofen (Conselho Federal de Enfermagem) publicados em 2015, a enfermagem no país é composta por um quadro de 80% de técnicos e auxiliares e 20% de enfermeiros graduados.

As mulheres são maioria entre os profissionais, representando, portanto, 85% do total dos profissionais no país.

Além disso, segundo os dados, cerca de 60% das equipes de enfermagem encontram-se no setor público, 32% no setor privado e 8% no ensino.

Começar como técnico em enfermagem e depois focar no crescimento dentro dessa carreira, é portanto, um caminho praticado por muitos profissionais.

Dedicação

Ao tratar do paciente, o enfermeiro deve, sobretudo, ter o treinamento e a capacitação para realizar curativos, aplicando injeções, atuando em serviços de emergência a até mesmo liderando equipes.

Com isso, acompanhar o controle da medicação, da alimentação e do quadro do paciente junto com o médico e terapeuta.

Então, a sua missão maior é ajudar na saúde atuando em hospitais,  clínicas ou serviços domiciliares.

Conclusão

A profissão em enfermagem exige do profissional atuar com responsabilidade, atenção e ética na área de saúde. Além disso, ele vai realizar a coleta dados para entender o estado de saúde do paciente, bem como cuidar da higiene e alimentação dos pacientes, fazer curativos, administrar remédios e ministrar aulas.

Portanto, esse profissional precisa de boa formação e, sobretudo, realizar cursos de reciclagem e de extensão para acompanhar sobre a evolução de doenças e de terapias.

Siga e faça parte!

1,649FãsCurtir
16,000SeguidoresSeguir
1,500InscritosInscrever