Recursos Humanos 2021 – tendências, economia e principais reflexos da pandemia

Recursos Humanos 2021

Recursos Humanos 2021 – tendências, economia e principais reflexos da pandemia, esse é o tema do artigo de hoje, escrito por Grazi Piva.

É impossível falar sobre as previsões para o Recursos Humanos 2021 e não falar sobre a pandemia do novo coronavírus.

Em 2020 tivemos um ano completamente atípico. Felizmente, para muitas questões temos a liberdade de sermos um pouco mais otimistas.

Olhar para 2021 pode gerar um certo receio. De fato, precisamos ser realistas para entender que não é com a virada do ano ou, até mesmo, com o início dos processos de vacinação, que a nossa vida vai mudar instantaneamente. Contudo, olhando para estimativas do nosso futuro podemos nos preparar – oportunidade que a pandemia nos tirou de supetão.

Este artigo tem como objetivo reunir as principais previsões para o RH em 2021, passando por tendências da área, situação econômica e os principais reflexos da pandemia, que vão nos acompanhar no próximo ano.

Recursos Humanos 2021: Quais reflexos da pandemia estarão presentes na rotina do RH em 2021?

Uma das questões mais importantes que deve ser ressaltada para 2021, é que a pandemia não vai acabar. Isso é um fato, não uma estimativa ou previsão. Embora as primeiras vacinas já estejam sendo aplicadas, o processo de vacinação de toda a população ainda é incerto.

Além disso, até agora apenas profissionais da saúde da linha de frente e os grupos mais vulneráveis estão recebendo a proteção.

De acordo com Tedros Ghebreyesus, diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), “uma vacina complementará as outras ferramentas que temos, não as substituir […] uma vacina por si só não vai acabar com a pandemia”, afirmou.

A OMS também estima que entre 65% e 70% das pessoas precisam estar imunes para que todos os lugares sejam declarados seguros.

Essas previsões nos mostram que não voltaremos tão cedo a encarar o mundo como era antes da pandemia. Isso impacta muito a atuação do RH para 2021, já que muitas empresas optaram por não retomar suas atividades presenciais no próximo ano e as que retomarem deverão respeitar o distanciamento social.

Tudo que diz respeito à jornada do colaborador que ainda sofrerá com os efeitos da pandemia. Seja enfrentando mais um ano de trabalho remoto, seja organizando uma rotina de trabalho híbrida ou ainda voltando presencialmente e respeitando todos os protocolos de higiene.

Além disso, questões como flexibilidade de horário, digitalização de diversas tarefas do RH, decisão sobre o modelo de trabalho e criatividade na execução também serão ditadas pela retomada ou não das atividades em escritório.

E uma das maiores questões de 2020, seguirá tendo extrema importância para 2021: a saúde mental. Com toda essa incerteza e ansiedade pairando na cabeça de todos, o RH vai precisar ser protagonista e manter o foco no fator humano.

Diante desse contexto, podemos constatar que o papel da área de gestão de pessoas em 2021 ocupará uma posição ainda mais estratégica dentro das empresas. A pandemia ainda não acabou e nem sabemos quando irá acabar, portanto, cuidar das pessoas segue sendo mais importante do que nunca.

Recursos Humanos 2021: Como a economia brasileira vai afetar o mercado de trabalho em 2021?

Assim como diversas questões, a economia brasileira em 2021 ainda está encoberta por muitas incertezas, principalmente devido ao futuro nebuloso em relação à pandemia. Entretanto, existem algumas estimativas de especialistas que ajudam a vislumbrar esse âmbito do nosso futuro.

Silvia Matos, coordenadora do Boletim Macro do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV IBRE), acredita que não há como ter certeza de recuperação sem a vacinação. “Ela vai ditar o ritmo [da economia]”, afirmou em entrevista para o periódico.

Além da questão da vacina, o Brasil ainda vai ter que encarar o fim do Auxílio Emergencial, que beneficiou 67 milhões de brasileiros e foi o protagonista do crescimento econômico do país neste ano.

De acordo com economistas ouvidos pelo G1, a estimativa é de um cenário parecido com o atual, pelo menos nos primeiros meses de 2021: PIB em recuperação, desemprego alto, juros baixos, inflação contida (ainda que em patamar um pouco mais elevado).

Diante de todo esse contexto, o mercado de trabalho também tem um futuro incerto, o que é preocupante para os mais de 13,8 milhões de desempregados. Segundo o levantamento do IBGE em outubro, a taxa de desemprego é de 14,4%.

Segundo matéria da InfoMoney, essa taxa deve subir para próximo de 17% em 2021. Ou seja, muitas pessoas ainda vão estar desempregadas.

Contudo, ainda existe alguma notícia boa! O relatório da Pesquisa Macroeconômica de novembro de 2020 do Itaú, aponta que o avanço das vacinas e o resultado da eleição presidencial nos EUA criaram um ambiente mais favorável para os mercados emergentes, beneficiando as moedas latino-americanas.

Recursos Humanos 2021: As principais tendências para a área de RH em 2021

O nosso último tópico deste artigo fala sobre as principais tendências para o mundo do RH em 2021, passando por diferentes âmbitos. Entretanto, logo de cara, podemos entender que o RH vai se digitalizar mais para poder cuidar mais das pessoas.

O relatório Acelerando a Jornada para o RH 3.0 , desenvolvido pela IBM em parceria com a Josh Bersin Academy, aponta os principais desafios para o RH atingir uma atuação 3.0. O material mapeou as cinco áreas que demandam investimento para que se possa estar pronto para o futuro do trabalho, identificando o que já é feito hoje e o quanto será importante no futuro:

1. Experiência fortemente personalizada
Nível de importância para o futuro: 61%
Grau de execução hoje: 29%

2. Desenvolvimento de habilidades “core”
Nível de importância para o futuro: 69%
Grau de execução hoje: 38%

3. Decisões baseadas em dados distribuídos por inteligência artificial
Nível de importância para o futuro: 59%
Grau de execução hoje: 28%

4. Práticas de trabalho ágil
Nível de importância para o futuro: 68%
Grau de execução hoje: 34%

5. Transparência para a preservação da confiança
Nível de importância para o futuro: 66%
Grau de execução hoje: 35%

Recursos Humanos 2021: Modelos tecnológicos

Além disso, sistemas e modelos de gestão de pessoas tecnológicos como, inteligência artificial, people analytics e big data, vieram para ficar. A cada dia que passa se afastam mais do campo das tendências e entram para o campo das exigências, fique atenta(o).

Recursos Humanos 2021: Bem-estar do colaborador

A experiência do usuário e do consumidor são questões cada vez mais centrais nas empresas. No RH, não vai ser diferente, o colaborador também precisa ter uma jornada bem desenhada e pensada no seu bem-estar na companhia. Bem como, o candidato. O foco nas pessoas só aumenta.

Recursos Humanos 2021: Modelo de trabalho

A questão do modelo de trabalho perpassa a questão de horários e benefícios, que devem ser flexibilizados de acordo com a necessidade do modelo escolhido, do colaborador e da empresa.

E, com todo esse tempo podendo trabalhar em casa, as empresas que pretendem voltar ao escritório precisam planejar como recepcionar os colaboradores, já que a dinâmica do home office é bem diferente do trabalho presencial. É interessante olhar para isso desde já.

Recursos Humanos 2021: Diversidade e inclusão

Questões como diversidade e inclusão passarão a ser cada vez mais presentes e cobradas pelos consumidores. Inclusive, segundo o artigo das 20 grandes ideias do Rafael Kato, a pandemia está levando mais mulheres às diretorias das empresas.

Segundo dados do LinkedIn, as mulheres têm atingido mais posições de comando executivo durante a pandemia. Segundo Kato, a tendência deve continuar, já que a pandemia demonstrou a importância de liderar com empatia e necessidade de apoiar a diversidade de talentos.

Recursos Humanos 2021: Habilidades para o profissional de 2025

Em congruência com todo esse olhar para o fator humano, o The Future Jobs Report 2020, relatório do Fórum Econômico Mundial (WEF), listou as 15 habilidades para o profissional de 2025. A maioria esmagadora dessa lista é composta por soft skills:

1. Pensamento analítico e inovação
2. Aprendizagem ativa e estratégias de aprendizagem
3. Resolução de problemas complexos
4. Pensamento crítico e análise
5. Criatividade, originalidade e iniciativa
6. Liderança e influência social
7. Uso, monitoramento e controle de tecnologia
8. Projeto e programação de tecnologia
9. Resiliência, tolerância ao estresse e flexibilidade
10. Raciocínio, resolução de problemas e ideação
11. Inteligência emocional
12. Solução de problemas e experiência do usuário
13. Orientação de serviço
14. Análise e avaliação de sistemas
15. Persuasão e negociação

Isso prova que estamos de fato vivendo em um mundo em que cada vez é mais importante ser humano, mesmo quando o assunto é mercado de trabalho.

Recursos Humanos 2021: O que esperar de 2021?

Depois de um ano tão singular como 2020, olhar para essas estimativas e previsões pode parecer até despropositado. Entretanto, depois de uma sacudida como essa, vimos que devemos, cada vez mais, acreditar e investir em métodos científicos. Portanto, para tudo o que trouxemos aqui, buscamos pesquisar e trazer fontes embasadas.

Apesar de ainda haver muita incerteza, precisamos estudar o que podemos, nos preparar para o que for possível e ter esperança de um ano melhor.

Enquanto RH, podemos esperar e construir um mercado de trabalho cada vez mais humanizado, mas sem fechar os olhos para a tecnologia.

*Grazi Piva é Diretora-Executiva de Desenvolvimento de RH e Pessoas da EDC Group.

Recursos Humanos 2021: Sobre a EDC Group

A EDC Group é uma multinacional brasileira com atuação em toda a América Latina e EUA, na área de consultoria e outsourcing de serviços.

Com mais de 10 anos de atuação no mercado, a empresa oferece serviços de Hunting, Temporários, Outsourcing, BPO e Projetos especiais, para as áreas de Engenharia, Manufatura, Logística, Agroindustrial, Telecomunicações, Serviços e Saúde, visando fornecer o profissional adequado a necessidade da empresa, proporcionando a cada colaborador a oportunidade de crescimento e desenvolvimento.

Com sede em São Paulo (SP) e filiais em Indaiatuba (SP) e Troy Michigan (EUA), a EDC conta com mais de 200 colaboradores para atender clientes como Siemens, Mercedes-Benz, John Deere, AGCO, ZF, entre outros. Saiba mais: https://www.edcgroup.com.br/.

Recursos Humanos 2021: Sobre a Trama Comunicação

Entre as 20 principais agências brasileiras de comunicação, a Trama se destaca há 24 anos por criar projetos comunicacionais inspiradores que conectam, informam e engajam diversos públicos de forma alinhada à estratégia de negócios das organizações.

Com um time de 35 profissionais e atualmente com mais de 40 clientes em seu portfólio, recebeu o Prêmio Aberje de Comunicação Integrada (São Paulo), ganhou o Prêmio Internacional Lusos na categoria prata de relações públicas.

Foi indicada como uma das 13 agências de mais alto nível em qualidade e excelência de serviços na opinião de seus clientes, na pesquisa “Agência de Confiança”, realizada pela Revista Negócios da Comunicação. É associada ao Instituto Ethos, Aberje e Abracom.

Leia também – Saúde financeira da empresa entre as prioridades nos Recursos Humanos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui