Especialista em empregabilidade aponta setores que mais buscam por profissionais qualificados

profissionais qualificados

Rogerio Bragherolli, economista especializado em capital humano, que atua há mais de 35 anos com RH, orienta sobre profissões que estão em alta neste novo momento

Atualmente, o Brasil está vivendo sua maior crise de desemprego dos últimos anos. A pandemia trouxe instabilidade para muitos profissionais e, em contrapartida, estimulou diversos setores que buscam por profissionais qualificados.

Por isso, Rogerio Bragherolli, economista especialista em capital humano e referência em empregabilidade no Brasil, aponta algumas áreas promissoras neste novo momento e explica que é a hora de garantir uma carreira, ainda que não seja a dos sonhos.

Profissionais qualificados: Em função da pandemia

“Em função da pandemia, deste novo mundo incompreensível e imprevisível, o trabalho se torna mais importante que a profissão. Não dá para ficar parado à espera do emprego tão sonhado na profissão desejada. É necessário buscar oportunidades, experimentar, abrir novas frentes e aprender com tudo isso”, comenta Bragherolli.

Esse “novo normal” nos mostrou uma profissão que fez toda a diferença nesses dias de quarentena, antes taxada como um “quebra galho”, os motoboys ganharam uma significância única nesse período.

Foram eles os responsáveis para seguir em frente mesmo com o distanciamento social. A possibilidade de entregas ajudou muitos brasileiros e, com isso, a atividade continua sendo uma possibilidade de trabalho em ascensão.

Com a demanda de compras online, o e-commerce também criou grandes alternativas para profissionais de softwares e aplicativos. Assim como o setor de logística e distribuição, que impulsionou de maneira significativa a busca por profissionais experientes ou dispostos a atuarem nas atividades.

Profissionais qualificados: Na área de tecnologia

A área de tecnologia segue pelo mesmo caminho crescente. Atualmente, há diversas profissões com alta demanda relacionada a infraestrutura, arquitetura tecnológica, segurança da informação, proteção de dados, gerenciamento de nuvens, entre outros.

Muitos setores buscam por mão de obra qualificada, alguns óbvios como na área da saúde que abre vagas de enfermagem, terapias, psicologia e psiquiatria, em função dos cuidados físico e mental.

Os segmentos de características técnicas como engenharia, administração, economia a humanização à aplicação de metodologias ágeis, desenvolvimento de competências multidisciplinares, também entram como oportunidades aos profissionais.

Profissionais qualificados: O agronegócio

O agronegócio, que é um dos setores que mais vem crescendo no Brasil, aponta para atividades que são promissoras, como o agrônomo, o técnico agrícola, os trabalhadores que manuseiam as máquinas agrícolas, os profissionais especializados em biotecnologia, agricultura sustentável, plantio e colheita otimizada.

Sem falar nos especialistas de venda de produtos e commodities agrícolas.

E, não podemos deixar de destacar o novo papel que o profissional de direito ganhou, o de renegociação de contratos, e com isso as oportunidades passam a surgir para atuar especificamente nesse segmento.

“Algumas outras profissões aliadas às novas tendências poderão ter grande relevância neste momento, como piloto de drones, gestor de resíduos, profissionais de recursos humanos responsáveis pela aquisição e retenção de talentos, mantenedores de florestas, técnicos de energia renováveis, personal trainers, entre outras”, acrescenta Bragherolli.

Profissionais qualificados: O que o economista conta

O economista especialista em empregabilidade ainda ressalta que, independentemente da sua profissão, da sua idade, da sua condição social, é preciso se reinventar.

“Precisamos reagir todos os dias de uma forma diferente, abrindo novas frentes, criando novos contatos, fazendo mais com menos, aceitando os desafios, errando, aprendendo, desaprendendo, vivendo intensamente este novo ambiente cheio de interrogações e de oportunidades”, complementa Bragherolli.

Com know-how de 35 anos em cargos de liderança no mercado corporativo, Rogerio Bragherolli atuou nos últimos anos como diretor sênior e vice-presidente de RH em multinacionais e tornou-se uma notoriedade em estratégias relacionadas a employee experience, gestão de pessoas e carreiras.

Em sua trajetória, contabiliza mais de 2 mil entrevistados dos mais diversos perfis e para diferentes cargos de atuação.

Atualmente, Bragherolli se dedica a duas metodologias criadas a partir de sua expertise e baseadas em estudos pelo Brasil e exterior.

Profissionais qualificados: Saindo da Média

Uma delas, chamada Saindo da Média, visa auxiliar a empregabilidade desde o estudante na Universidade, pessoas que buscam por trabalho, recolocação profissional etc, até o executivo no mundo corporativo.

E a segunda metodologia está relacionada à otimização do capital humano como diferencial competitivo nas organizações.

O especialista em empregabilidade é formado em Engenharia Mecânica pela FEI, Economia pela FEA-USP, fez MBA em RH na FGV, especialização em Marketing na Insead – França.

Além de ser professor de MBA, ter sido membro do Comitê Global de RH de uma das maiores multinacionais de serviços do mundo e ser mentor de executivos.

 Profissionais qualificados: Sobre Rogerio Bragherolli

Instagram, Facebook e Linkedin: @rogeriobragherolli

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui