8 dicas de marketing pessoal dos profissionais para você aplicar já

dicas de marketing pessoal
Foto: You X Ventures/Unsplash

Se você quer crescer na carreira e ser uma pessoa reconhecida na sua área de atuação, precisa entender sobre marketing pessoal. Nós já comentamos por aqui o que ele é e como você pode começar a aplicá-lo no seu dia a dia tanto para aumentar a sua rede de contatos, como para se tornar uma referência no que faz. 

Agora, conversamos com Ronaldo Ferreira Junior, sócio fundador da um.a #diversidadecriativa, e Leonardo Freitas, CEO da HAYMAN-WOODWARD, para descobrir as principais dicas de marketing pessoal que você precisa saber. 

Ah, mas vale lembrar: o marketing pessoal é algo que, sabendo sobre ou não, você já faz. Afinal, ele consiste em moldar a maneira como os seus amigos, familiares, contatos de trabalho e o mundo enxergam você. Essa visão é medida tanto através das suas entregas profissionais, quanto das suas falas e ações dentro e fora do escritório. 

8 dicas de marketing pessoal dos experts

1.Entenda o marketing pessoal como essencial

Segundo Ronaldo, o marketing pessoal é fruto do seu comportamento observável, por isso, ele tem uma importância vital. “Precisamos ter a atitude de analisar e organizar a nossa imagem. Quando optamos por não organizar esse conjunto de sinais que emitimos, também somos observados por isso”, diz. Portanto, o primeiro ponto é entender o quanto ele é importante e que cuidar dele deve se tornar parte da sua prática diária. 

2.Aprenda (muito) sobre o assunto 

Sobre dicas de marketing pessoal para iniciantes, Ronaldo fala de aprender sobre o tema para colocá-lo em prática com mais eficiência. Para isso, você pode ler sobre o assunto em livros de especialistas ou na internet e se manter informado sobre ele pelas redes sociais ou cursos online. “Quando nos capacitamos, automaticamente passamos a perceber e questionar várias coisas importantes que antes não conseguíamos perceber. O conhecimento transforma tudo”, explica. 

3.Crie equilíbrio

Ainda para o sócio-fundador da um.a, um bom marketing pessoal é aquele que equilibra conhecimento, o próprio marketing e a conexão com a realidade. “Quero dizer que, cada vez mais, é importante ter consciência de seu local de fala no mundo e, a partir disso, criar uma bela história sobre a pessoa interessante que você é. Mas isso tudo só fará sentido se estiver conectado à realidade das pessoas que habitam o nosso mundo”, aconselha.

4.Tenha consciência

Por conta do que foi dito acima, Ronaldo explica como uma das principais dicas de marketing pessoal é entender que ele funciona para o bem e para o mal – e ter consciência disso é um diferencial importante, principalmente em tempos de distanciamento social. “Nossa imagem exposta nas redes sociais fala muito. E sempre somos investigados, de maneira formal ou informal. Ainda mais quando estamos nos candidatando à uma posição profissional. Então, exposições com roupas íntimas, posições radicais sobre política ou religião e piadas inadequadas são sempre possíveis, mas vão emitir sinais claros de nosso posicionamento em relação a estes novos tempos que estamos vivendo”, diz.

5.Seja sincero

Já para Leonardo, a questão da exposição online também pode ser usada para entender quando você não está sendo sincero com a imagem que nutre online e os seus comportamentos fora da internet. Por isso, é essencial manter a sinceridade, sempre. “Atualmente, é muito fácil alguém pesquisar sobre a sua vida; e se você gera uma notícia ou imagem falsa, o risco de acabarem com a sua reputação é enorme. Por isso, seja sempre sincero no seu marketing pessoal”, diz. 

6.Busque ajuda, quando precisar

O CEO também levanta um ponto interessante. Fazer marketing pessoal pode depender de diferentes plataformas e redes sociais. Se você não sabe como usá-las direito ou com qual objetivo, vale a pena buscar ajuda especializada. “Importante as pessoas buscarem profissionais competentes para dar suporte técnico sobre as plataformas disponíveis no mercado”, diz. “Este é um meio altamente mutável e, neste caso, contratar uma equipe ou profissionais que acompanham ou projetam este mercado no mundo digital é essencial. Principalmente quando você é um executivo de alta performance como eu, que tem inúmeras atividades durante o dia, torna-se essencial ter uma equipe que cuide da sua imagem para que alcance o público correlato ao seu perfil e que coloque você na vanguarda das comunicações. Temos que acompanhar esta velocidade.”

7.Seja você mesmo

Para Leonardo o que caracteriza um bom marketing pessoal é a sinceridade. Por isso, ser você mesmo sempre é o que vai solidificar a sua visão diante do mercado e, principalmente, gerar consistência. “Não adianta você ser um personagem. Nós sabemos que os meios de comunicações buscam, em sua maioria, audiência quantitativa, mas uma coisa eu questiono: Qual é a vantagem de ter milhões de pessoas seguindo você por uma caricatura que você faça? Em que isso vai ajudar nos negócios? Todas essas pessoas vão converter positivamente no seu ‘business’ ou serão apenas uma plateia atrás de um showman? Isso é que precisamos analisar com bastante frieza”, explica.

“Se for para massagear o seu próprio ego; tudo bem. Mas, qual será a sua contribuição como uma autoridade no marketing que você quer se projetar? Eu defendo sempre que podemos gerar um resultado positivo nas pessoas; e não um simples entretenimento”, continua. 

8.Reflita sobre si mesmo e o momento

Dentre outras dicas de marketing pessoal, Leonardo fala sobre aproveitar as pausas para refletir sobre você mesmo e sobre o que você quer entregar para as pessoas. O período de isolamento, aliás, tem sido uma boa oportunidade para isso. “Este será um momento de reconfigurar os nossos planos e projetar alternativas de nosso papel como cidadão. Afinal, o nosso planeta é composto de seres humanos e se a gente não se enxergar neste planeta, não haverá marketing que construa a sua imagem. Lembrando sempre de nossa responsabilidade como formadores de opinião, algo muito discutido nos tempos atuais, temos que gerar algo positivo nas pessoas que nos acompanham.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui