Brasileiros listam as maiores vantagens do Home Office

home office vantagens

Em pesquisa conduzida brasileiros dizem que gostariam de trabalhar de casa permanentemente, veja mais sobre home office vantagens.

 

LogMeIn, Inc. divulga os resultados de sua pesquisa anual encomendada pelo GoTo by LogMeIn e conduzida pela OnePoll. O levantamento mapeia os hábitos dos trabalhadores de escritório em todo o mundo, incluindo o Brasil e foi realizado nas últimas três semanas de março. Em destaque estão quais são os principais benefícios e desafios do trabalho remoto, em alta há alguns anos e, agora, potencializado globalmente pela pandemia do novo coronavírus.

Entre os mais de 2250 respondentes em todo o mundo, os brasileiros ficam atrás apenas dos Estados Unidos e da Índia quando o assunto é estarem aptos a trabalhar de casa. 77,2% dos brasileiros estão acostumados a trabalhar de casa, pelo menos algumas vezes por ano – 40,8% dizem que já trabalhavam remotamente algumas vezes por semana e 10% em tempo integral. Ainda, 83,5% disseram que adorariam adotar o home office de forma permanente, e 50% deles até topariam um corte salarial caso pudessem trabalhar de casa por tempo integral.

Home office vantagens: principais benefícios

Quando indagados sobre as vantagens e desvantagens do trabalho remoto, o lado positivo teve maior destaque. A economia de tempo (84%) e dinheiro (70%) foram destacadas como os principais benefícios desta forma de trabalhar, seguidos da possibilidade de passar mais tempo com a família e amigos (68,8%), ganhos reais na produtividade (58%) e maior felicidade (54%). Para os brasileiros, o principal desafio são as distrações com tarefas da casa, que podem atrapalhar o trabalho para 54,8% dos respondentes.

A pesquisa também destaca que, se implementado o trabalho remoto em tempo integral nos escritórios no Brasil, cada funcionário poderia economizar, em média, 50,32 minutos por dia no trânsito, que é um dos principais responsáveis pelo aumento do estresse em relação ao trabalho para 73,2% dos brasileiros.

“O trabalho remoto traz benefícios reais à qualidade de vida dos funcionários em todo o mundo e esta pesquisa atesta, mais uma vez, que é um desejo da maioria dos trabalhadores, incluindo os brasileiros”, pontua Vanessa D’Angelo, Head de Marketing para a LogMeIn na América Latina. “A LogMeIn, desde sua chegada ao mercado, trabalha para tornar esse desejo possível, criando ferramentas que permitem que as pessoas trabalhem de qualquer lugar”.

Para mais informações sobre a família de soluções para comunicação unificada e colaboração do GoTo By LogMeIn, acesse: https://www.goto.com/pt

Home office vantagens: isolamento causou mais colaboração

Para Susanne Andrade, especialista em desenvolvimento humano, o período de isolamento social acabou gerando maior colaboração entre as pessoas, como uma das vantagens do home office.

Enquanto algumas empresas começam a pensar no que fazer para trazer os colaboradores de volta ao trabalho presencial, outras organizações pretendem conceder mais tempo de home office aos seus funcionários. Recente pesquisa realizada pela Fundação Dom Cabral revela que 54% dos brasileiros cogitam propor aos seus gestores um maior equilíbrio entre trabalho presencial e remoto.

De acordo com Susanne Andrade, especialista em desenvolvimento humano, as relações de trabalho foram modificadas positivamente durante o isolamento. “Durante mais de três meses de pandemia, foi possível notar maior colaboração entre as pessoas, um lado positivo de todo esse período de incertezas. O isolamento social colocou um freio na vida acelerada das pessoas, que acabou por economizar tempo de deslocamento até o serviço”, explica a especialista.

Home office vantagens dependem de cada caso, aponta especialista

Susanne acredita que à medida que as empresas forem acionando seus colaboradores a voltarem ao trabalho presencial, será preciso estudar cada caso individualmente. “Para alguns, será mais produtivo trabalhar a maior parte da semana de forma remota, enquanto outros produzirão melhor no escritório. O fato é que as empresas vão precisar repensar essas dinâmicas de trabalho pós-pandemia”, pontua.

Mesmo que muitos brasileiros estejam apreciando atuar remotamente, podendo ficar ao lado dos filhos, marido, esposa e até usar o tempo livre para hobbies, Susanne destaca a necessidade que o brasileiro tem do contato físico. “É importante lembrar que somos um povo latino, que gosta e precisa do contato físico”, explica. Na mesma pesquisa citada anteriormente, 76% dos entrevistados que estão de home office sentem falta de interagir presencialmente com os seus colegas de trabalho.

Leia matéria completa aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui