inteligência emocional no trabalho

Será que você tem uma boa “inteligência emocional”? Se você não tiver, isso não é problema. Nesse artigo você vai aprender a desenvolver a inteligência emocional. Um dos aspectos importantes da IE é a capacidade de perceber, avaliar e controlar emoções.

Assim, você pode usar essas emoções de modo apropriado. Quando você reconhece a inteligência emocional em si mesmo, você consegue regular e controlar suas emoções. E quando você reconhece essas emoções em outras pessoas, você pode melhorar seus relacionamentos pessoais e profissionais. Nesse artigo, vamos dar dicas para você desenvolver sua inteligência emocional no trabalho.

Pessoas que possuem inteligência emocional, conseguem tomar melhores decisões e, como consequência, atingem objetivos mais facilmente. Quando você não desenvolve, sua carreira pode ser prejudicada, visto que suas emoções ficam mais comprometidas.

Pensando nisso, preparamos para você esse artigo com dez maneiras para você desenvolver a inteligência emocional. Lembre-se: você pode começar a praticar nossas dicas assim que terminar de ler o artigo. Confira!

Inteligência emocional no trabalho – dica 1: não mude de assunto

Quando os sentimentos são desconfortáveis, acabamos por interromper ou mudar de assunto. Não faça isso. Pelo menos, duas vezes por dia, se pergunte como você está se sentindo. Dessa forma, você descobre como está se sentindo. Esse tempo é importante para você e para suas emoções.

Dica 2: reflita sobre suas emoções quando se trata de inteligência emocional no trabalho

É importante que você identifique quais são as emoções que costumam te afetar. Dessa forma, você vai conseguir lidar com essas emoções e vai aprender a controla-las.

Por exemplo, você pode ficar nervoso quando precisa fazer uma ligação ou atender um telefone. Reconhecendo essas emoções, você consegue se planejar melhor e evitar que elas prejudiquem sua rotina.

Dica 3: esteja alerto

Esteja sempre em alerta para saber como está o seu emocional no momento. Você pode parar e fazer uma autorreflexão. Você pode se beneficiar com isso e ainda se torna mais fácil ter que tomar uma decisão importante.

Dica 4: encontre conexões entre seus sentimentos e a inteligência emocional no trabalho

Quando surgir um sentimento ruim, pergunte a si mesmo quando aquele sentimento surgiu anteriormente. Isso pode ajudar você a perceber se aquele sentimento é da situação atual ou reflete momentos anteriores.

Dica 5: conecte seus sentimentos com seus pensamentos

Quando você sentir algo que pareça anormal, você pode se perguntar o que você pensa sobre isso. Algumas vezes, uns sentimentos podem acabar contradizendo outros. É normal. Por isso é importante que você escute seus sentimentos e os conecte com seus pensamentos.

Dica 6: ouça seu corpo

Quando você percebe emoções e outros sentimentos, você poderá trabalha-los com o poder da razão. Por exemplo, quando você sente um nó no estômago quando está indo para o trabalho, pode ser sinônimo de que seu trabalho é estressante.

O mesmo vale para quando seu coração palpita ao ver aquela pessoa especial. Isso pode ser sinal de que dessa vez, esse relacionamento é para valer.

Dica 7: saiba pausar o momento

Essa não é uma técnica simples de aprender. Porém, basta um pouco de prática para conseguir desenvolvê-la. Basicamente, você precisa fazer uma pausa mental antes de começar uma atividade.

Você pode, por exemplo, fazer uma pausa antes de responder uma ofensa. Esse tipo de pausa é mais fácil de ser feita. Agora, quando você precisar tomar uma decisão rapidamente, a pausa precisará ser menor. Por isso é importante praticar.

Dica 8: peça a opinião de outras pessoas

Outras pessoas podem julgar a sua aparência exterior que reflete na interior. Pergunte para alguém que você conhece e confia, como ela acha que você está se sentindo. A resposta pode te surpreender.

Dica 9: saiba quando é suficiente

Olhar para dentro é importante, mas é fundamental que você saiba a hora de parar. Ser encorajado para mudar os sentimentos negativos que há dentro de você é importante. Porém, a inteligência emocional não envolve apenas o seu interior, mas também o mundo ao seu redor.

Dica 10: mande em você mesmo

Muitas das coisas que as outras pessoas falam para nós, tem um grande poder. E nem sempre, isso reflete positivamente nas nossas emoções. É importante que você saiba deixar de lado aquilo que as outras pessoas falam ou pensam que não servem como críticas construtivas.

Para isso, é importante que você aprenda a mandar em você mesmo. Dessa forma, você consegue barrar as emoções negativas e que podem acabar por deixar você para baixo.

Agora você sabe como desenvolver a inteligência emocional no trabalho. Lembre-se: a prática leva a perfeição. Desenvolver essas técnicas pode ser um pouco mais difícil no começo, mas praticando, você conseguirá usar as emoções ao seu favor.

Summary
inteligência emocional no trabalho
Article Name
Inteligência Emocional 10 formas de melhorar
Description
Como desenvolver sua inteligência emocional. Dicas de currículo e entrevista de emprego. Como fazer um currículo. Entrevistas motivacionais
Author
Publisher Name
PraCarreiras
Publisher Logo
Fale com o PraCarreiras