Não consigo arrumar emprego: 6 motivos explicam isso

Não consigo arrumar emprego e não sei o que estou fazendo de errado. Essa é uma das principais lamentações dos profissionais hoje, independentemente do cargo ou nível de experiência. Seja porque você está desempregado ou porque está infeliz no atual trabalho, é importante refletir quais erros você pode estar cometendo e, finalmente, mudar o jogo.

Não consigo arrumar emprego motivo 1: sua estratégia está errada

A forma de contratar tem mudado nos últimos anos. Antes, todas as vagas eram divulgadas na internet e os recrutadores recebiam os currículos dos interessados. O problema desse processo é que ele era lento e pouco produtivo. Isso porque muitos candidatos, que não se enquadravam no perfil da vaga, enviavam seus currículos e os recrutadores demoravam para filtrar todos os interessados.

Hoje, muitas vagas não são divulgadas na internet. O processo de contratação ficou mais ativo por parte dos recrutadores, ou seja, eles preferem procurar os candidatos ideais. Isso tornou o processo seletivo mais ágil e assertivo.

Veja bem, não estamos dizendo que não existem mais vagas sendo divulgadas. Mas que, se você está procurando um emprego, além de de candidatar para vagas online, você precisa estar atento a essa nova forma de contratação.

Por isso, seu currículo e LinkedIn nunca foram tão importantes. Já que, é por meio deles que um recrutador vai chegar até você. Muitos profissionais reclamam que não conseguem arrumar emprego e não possuem um perfil no LinkedIn. Isso são oportunidades perdidas.

Não consigo arrumar emprego motivo 2: seu currículo e LinkedIn estão inadequados

Por causa dessa nova forma de contratar, ter um bom currículo e LinkedIn faz toda a diferença sobre como arrumar emprego. Isso porque os dois precisam ter palavras-chaves para aparecer nos buscadores usados para encontrar candidatos.

Você sabe quais termos são usados para encontrar um profissional como você? Pesquise vagas de emprego do seu perfil e perceba quais palavras-chaves aparecem mais. Essas palavras precisam estar no seu currículo e LinkedIn.

Além disso, como os processos de seleção precisam cada vez mais de agilidade, é importante que o seu currículo seja organizado de forma a conduzir a leitura do recrutador. Ele precisa bater o olho e enxergar em você o candidato ideal. Uma das principais estratégias para isso é caprichar no resumo. Inclua sua área de atuação, ferramentas e programas que você domina e um resultado alcançado na sua carreira.

E por falar em resultado, eles precisam aparecer nas suas experiências profissionais. Leia com atenção esse tópico do seu currículo e LinkedIn e veja se ele traduz o profissional que você é, ou se esse texto poderia ser usado para divulgar uma vaga de emprego. Não coloque suas atribuições de cargo, isso é igual para todo mundo.

Não consigo arrumar emprego motivo 3: você espera um milagre

Estamos passando por uma crise por conta do Coronavírus, é verdade. Mas seja sincero, o que você está fazendo para arrumar um emprego? Em situações como a quarentena, uma das posturas mais comuns é a lamentação: “não consigo arrumar emprego”, “como arrumar emprego se ninguém está contratando”, “o Brasil não dá oportunidades” e mais outras diversas injustiças que até podem ser verdades, mas não deveriam ser usadas para acomodar sua vida profissional.

Enquanto uns reclamam e culpam tudo e a todos por não arrumar um emprego, outros estão se preparando para quando a situação melhorar. Com mais tempo livre, muitos profissionais estão melhorando seus currículo e LinkedIn, fazendo cursos online, estudando, lendo bons livros e retomando contatos com suas redes.

De qual lado você está: dos que esperam um milagre ou dos que estão se preparando?

Como tudo na vida, é preciso esforço e dedicação. Arrumar um emprego demanda energia, foco, dedicação e estratégia.

Não consigo arrumar emprego motivo 4: você não sabe bem o que quer

Quando fizemos a nossa imersão no LinkedIn, eles nos disseram que o principal erro cometido por candidatos é a falta de foco. Na prática, são os profissionais que disparam seus currículos para todas as vagas de emprego, mesmo as que não têm relação com o seu perfil.

Para as empresas, candidatos assim parecem desesperados e sem foco, e não é isso que eles estão procurando. Sabemos que muitas vezes ficamos desesperados para conseguir um emprego urgentemente, mas precisamos manter a calma e usar a estratégia certa.

É importante que você saiba exatamente qual tipo de vaga de emprego você quer: qual área de atuação, cargo e tipo de empresa. Reserve um tempo do seu dia para definir o seu perfil profissional, analise suas forças, fraquezas, quem são suas empresas alvo e os seus concorrentes no mercado. Com isso, você poderá organizar melhor o seu currículo, destacando seus pontos fortes e conquistas certas. Também é um exercício para analisar o que está faltando no seu currículo e o mercado está exigindo.

Não consigo arrumar emprego motivo 5: você é antipático

Quando fazemos as nossas consultorias de análise de currículo e LinkedIn vemos muito profissionais dizendo que são comunicativos, trabalham bem em equipe, são fáceis de lidar, etc. Mas quando eles abordam um recrutador, acabam não mostrando nada disso.

A gente mesmo já recebeu várias mensagens escrito apenas: não consigo arrumar emprego, me ajudem. Nem um bom dia, nem obrigado. Os recrutadores reclamam também que recebem currículos por e-mail com a mensagem: segue anexo meu currículo – e só!

Parece bobagem, mas saber se relacionar bem com recrutadores já diz muito sobre o seu perfil. Afinal, ninguém quer contratar um antipático. E não adianta colocar que você é simpático no currículo – já dissemos que se elogiar não tem peso competitivo algum.

Então, um dos motivos que explicam o porquê de você não conseguir um emprego é justamente a falta de comunicação. Não seja um “forçador de amizade”, mas se comunique. Cumprimente a pessoa que recebe a sua mensagem, escreva um e-mail personalizado, exalte bons motivos que comprovem que você é o candidato ideal e agradeça. Um erro é achar que a outra pessoa tem a obrigação de ajudar você. Já dissemos, não espere milagres.

Não consigo arrumar emprego motivo 6: seu networking é ruim

Agora que você entendeu a importância de não ser um antipático, vamos falar de uma estratégia super importante para quem quer arrumar emprego: o networking. O LinkedIn é hoje uma das principais ferramentas para se relacionar com profissionais da sua área de atuação, heahunters, coachs, etc.

Um dos principais cometidos no LinkedIn é ter um perfil fantasma. Aquele usuário que cria um currículo no LinkedIn, mas nunca se relaciona com ninguém.

Já começamos aqui dizendo que você não deve ser o pidão: o networking não é uma relação de via única, por isso seja relevante para sua rede. Conquiste pelo menos 500 conexões, quanto mais melhor, publique conteúdos relevantes, comente no post de outras pessoas, escreva artigos e apareça.

Sua chance de conseguir um emprego pode estar no meio das suas conexões!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui