Google search engine
InícioMercado de TrabalhoTinder do emprego: Startup desenvolve app para vagas operacionais

Tinder do emprego: Startup desenvolve app para vagas operacionais

O app conhecido como Tinder do emprego, tem como objetivo democratizar o acesso de profissionais à cargos operacionais.

O uso de tecnologia e inteligência artificial no RH possibilitou ao setor a oportunidade de explorar novas alternativas para dar continuidade às demandas da área e realizar processos seletivos à distância.

Desde então, o mercado passou a investir em soluções tecnológicas a fim de otimizar tempo e processos.

Tinder do emprego: O cenário atual

Observando este cenário, a JobConvo (www.jobconvo.com) – startup de recrutamento, seleção e admissão digital por meio de inteligência artificial – vem desenvolvendo em sua plataforma novas soluções que atendam às necessidades do setor e ajude o RH brasileiro à contratar de forma mais objetiva, e apresenta ao mercado o aplicativo “Pesquisa Vagas”.

“Queremos entender cada vez mais as necessidades do setor e oferecer ao mercado as melhores soluções, que possam ser aplicadas no dia a dia e assim criar uma nova dinâmica nos processos de recrutamento, seleção e admissão”, comenta Ronaldo Bahia, CEO e fundador da JobConvo.

Tinder do emprego: O objetivo do App

Desenvolvido com o objetivo de democratizar o acesso à oportunidades de emprego, o aplicativo lista as vagas de acordo com a geolocalização do candidato e a candidatura para a oportunidade é feita pelo aplicativo, por chatbot.

“Atualmente o Brasil soma 424 milhões de dispositivos móveis e uma grande parcela desses cidadãos faz tudo pelo computador”, comenta Ronaldo.

“O aplicativo, além de incluir uma parcela da população que não possui computador em casa e resolve tudo pelo celular, é mais uma ferramenta na busca por um novo emprego”, continua.

O app “Pesquisa Vagas” vai oferecer vagas em diversas cidades e cargos, mas a prioridade são os cargos operacionais e em áreas como call center, comércio, fábricas e indústrias e serviços gerais.

“O nosso objetivo é ampliar a oferta de vagas operacionais em mais ferramentas de busca e alcançar aquele profissional que, por não ter formação superior, acredita que não é possível encontrar um emprego com a ajuda da tecnologia”, finaliza Ronaldo.

Tinder do emprego: Mercado

Inserida em um mercado amplo e competitivo, a JobConvo cresceu 30% e prevê continuar crescendo no próximo.

“Devido à pandemia mundial, causada pela Covid-19, enxergamos algumas oportunidades no setor e os processos de recrutamento, seleção e admissão digitais serão a realidade daqui para frente”, comenta Ronaldo Bahia, CEO e fundador da JobConvo.

A empresa atingiu o break-even em 2016 e atualmente possui clientes em 7 países, entre elas: Adecco, Deloitte, HCOR, Petz, MRV.

Tinder do emprego: Sobre a JobConvo

Fundada em 2013 por Ronaldo Bahia, a JobConvo (www.jobconvo.com) nasceu com a missão de facilitar e otimizar o tempo do profissional de RH, otimizando 40% do tempo e dos custos, e democratizar os processos de seleção e admissão dos candidatos.

Desde a sua fundação, a empresa participou do programa de aceleração de startups Startup Chile e atingiu o break-even em 2016. A empresa atende empresas de grande porte como Adecco, Deloitte, HCOR, Petz, MVR.

Tinder do emprego: A tecnologia em 2020

CEO da FCamara, contratação e trabalhos remotos são formatos que continuarão fazendo parte da vida dos profissionais.

Quando se fala em trabalhar com tecnologia, o que pode vir à mente é uma formação acadêmica em TI ou áreas afins.

Sem dúvida, a graduação é uma etapa importante, mas para o Grupo FCamara (www.fcamara.com.br) – maior empresa consultoria de TI em soluções digitais – não é algo crucial para que um profissional de tecnologia seja contratado.

A empresa forma os próprios profissionais há 10 anos com o Programa de Formação Online que não exige ensino superior dos candidatos, facilitando as oportunidades para os candidatos.

Quer saber dicas para trabalhar com tecnologia ainda em 2020? Clique aqui.

Artigos Relacionados

Matérias mais lidas

Fale com o PraCarreiras