5 erros mais comuns em processos seletivos digitais

processos seletivos digitais
Muitos candidatos acabam perdendo oportunidades por conta de gafes cometidas durante a seleção.
Empregos.com.br separou alguns dos descuidos e dicas para virar esse jogo.
Dentre as diversas mudanças que aconteceram no mercado de trabalho por conta da pandemia, está a forma de contratação e os processos seletivos. Antes da transição das empresas para o trabalho remoto, algumas companhias já eram adeptas à contratação online, mas ainda era uma realidade para poucos segmentos.
O novo cenário obrigou companhias a se adaptarem a outros formatos de seleção e, consequentemente, os candidatos, precisaram se adequarem a novas maneiras de abordagens e comportamentos que antes podiam não fazer tanta diferença, mas que agora são essenciais para conseguir um emprego.

Segundo ao Empregos.com.br, um dos maiores portais de vagas de empregos no Brasil, muitos candidatos são desclassificados no processo seletivo digital exatamente por não saberem “se portar” e cometerem alguns descuidos durante o recrutamento.

“É perceptível que trata-se de uma dificuldade de adaptação, pois sempre nos ensinaram sobre comportamento em uma entrevista presencial, mas pouco se sabe sobre processos digitais. É um desafio tanto para quem recruta como para quem está em busca de um emprego, pois agora todos os detalhes estão sendo observados desde o primeiro contato”, afirma Leonardo Casartelli, Diretor de Marketing da Empregos.com.br. Algumas dessas falhas são recorrentes e, por conta disso, separamos 5 erros mais comuns e dicas para virar esse jogo.

Processos seletivos digitais: 1.Foto inapropriada no WhatsApp

O candidato deve estar ciente de que ao colocar como contato para a empresa seu número de WhatsApp, ela pode contatá-lo por lá.

Para vagas offline, como manicure e chapeiro, por exemplo, essa é a principal forma de candidatura para processos seletivos do app Trampolim, app colaborativo de vagas. Por conta disso, é importante escolher bem a foto do seu perfil, para que não haja constrangimentos e confusões.
Busque usar fotos suas, evitando usar imagens de personagens ou fotos de outras pessoas. É importante que o recrutador consiga te identificar, por isso escolha fotos de rosto, menos produzidas e com pouca edição.

Processos seletivos digitais: 2.Não atender o telefone

Segundo Bruno Rizzato, Diretor de Produtos do app Trampolim, muitas empresas relatam que não conseguem entrar em contato com o candidato após receberem sua inscrição no processo seletivo da vaga.

Então, após se candidatar a uma vaga fique atento ao celular, atenda todas as chamadas que não estão identificadas, pois uma delas pode ser a empresa buscando entrar em contato com você. Não perca uma oportunidade por não atender a ligação.

Processos seletivos digitais: 3.Postura inadequada

Por conta do processo ser de forma digital, alguns candidatos sentem maior liberdade em relação a sua conduta. Saiba que independentemente da forma do processo, presencial ou online, o profissional deve se portar de maneira respeitosa e apresentar um comportamento adequado à situação.

É importante evitar cenários constrangedores que possam colocar o entrevistador em uma situação desagradável. Busque ter uma conduta profissional. A entrevista acontece de forma online, mas ainda é uma entrevista de trabalho, é importante não confundir os cenários.

Processos seletivos digitais: 4.Uso indevido de emojis

Usar emojis inapropriados ou de forma exagerada pode prejudicar sua imagem profissional perante a empresa. O uso junto ao nome de contato pode te infantilizar ou demonstrar falta de seriedade com o processo.

Processos seletivos digitais: 5.Não prestar atenção aos requisitos da vaga

Para o recrutador é importante que você atenda todos os requisitos pedidos para a vaga ou pelo menos, a maioria deles. Então, caso você não tenha o perfil, não será escolhido.

Até porque ele está em busca de especificações que você não possui. Muitas pessoas acabam não conseguindo encontrar um emprego, porque estão buscando no lugar errado.
“Quando você se candidata a uma vaga da qual não possui as qualificações necessárias acaba prejudicando não só você, mas a empresa também, que irá demandar um tempo com um candidato que não se encaixa na vaga. Por isso, leia bem tudo o que está sendo requisitado antes de se inscrever” acrescenta, Bruno Rizzato.

Processos seletivos digitais: Sobre a Empregos.com.br

O site Empregos.com.br é um dos maiores portais de vagas de empregos do Brasil. No ar desde 1998, une recrutadores e candidatos em busca de oportunidades em todo o país.
Mais de 180 mil empresas utilizam os serviços de seleção do portal, e anunciam milhares de vagas diariamente, além disso, o site conta com um banco de currículos com mais de 18 milhões de pessoas cadastradas e ativas em todos os níveis profissionais.

Processos seletivos digitais: Sobre o App Trampolim

A Trampolim é o primeiro aplicativo colaborativo de empregos, no qual os próprios usuários compartilham vagas e oportunidades de emprego de pequenos estabelecimentos, lojas de bairro e serviços que normalmente não são divulgadas no mercado.

Acompanha a gente no Instagram.

Conheça todas as Soluções do PraCarreiras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui