Contratação por profissionais com mais de 40 anos cresce 217% no primeiro semestre do ano

profissionais com mais de 40 anos

Levantamento foi realizado pela Gupy e também revelou que 10% dos empregos gerados foram para essa faixa etária no período.

No primeiro semestre do ano foram publicadas aproximadamente 60 mil vagas por mês na plataforma da Gupy, empresa líder em tecnologia para Recursos Humanos no Brasil. Entre as pessoas candidatas contratadas pelas empresas, 10% têm entre 40 e 50 anos.

Além disso, houve um crescimento de 217,48% nas contratações de profissionais desta faixa etária em comparação ao mesmo período do ano passado. Os setores que mais geraram empregos para estes profissionais foram: Serviços (16,68%), Varejo (16,10%), Saúde (15,06%), Telecomunicações (8,87%), Atacado (6,77%) e Tecnologia da Informação (4,74%).

Profissionais com mais de 40 anos: Veja os 10 setores que mais empregaram profissionais

Educação – 658,62%
Saúde – 479,90%
Siderúrgica – 448,48%
Indústria em geral – 351,08%
Logística – 350,50%
Serviços – 238,37%
Telecomunicações – 226,23%
Tecnologia da Informação – 176,95%
Varejo – 166,49%
Bens de consumo – 81,54%

As áreas de atuação que geraram mais empregos para estes profissionais no primeiro semestre deste ano foram: Operações (30,14%), Serviço ao Cliente (17,74%), Tecnologia (12,17%), Comercial (11,32%) e Finanças e Administração (9,48%).

Ao analisar os dados do ano passado, foi observada uma tendência em outras áreas, com um crescimento significativo de contratações em Contabilidade ou Controladoria (1.261,54%), Jurídico (690%), Marketing e Comunicação (600%) e Recursos Humanos (478,26%).

Profissionais com mais de 40 anos: O que conta a fundadora da Gupy

Segundo Mariana Dias, CEO e cofundadora da Gupy: “É comum relacionar a área de tecnologia com profissionais mais jovens, o que é uma realidade entre os desenvolvedores, mas trata-se de uma área extremamente estratégica para as empresas e que muitas vezes precisa de líderes seniores, o que é extremamente rico porque estimula uma troca de conhecimento e experiências entre as gerações.

Podemos observar este mesmo cenário nas áreas que tiveram um maior crescimento nas contratações de profissionais nesta faixa etária em comparação com o ano passado, como Jurídico, Contabilidade e Recursos Humanos, pois são áreas que ganharam uma relevância ainda maior dentro das empresas desde o início da pandemia, com destaque para o RH, que precisou lidar com toda a adaptação da empresa ao trabalho remoto e liderar a transformação da empresa para esta nova forma de trabalhar e de contratar colaboradores”.

Profissionais com mais de 40 anos: Outros dados

Outros dados analisados foram os cargos. Segundo a Gupy, analisando apenas as contratações de pessoas candidatas entre 40 e 50 anos, a maioria foram para os cargos: Operador (36,90%), Auxiliar (17,32%), Técnico (13,02%), Analista (11,7%) e Supervisor (5,21%).

Por outro lado, ao comparar o volume de contratações de profissionais nesta faixa etária com o volume total de contratações de todas as idades, os dados surpreendem positivamente: os cargos com maior volume de contratações nessa faixa etária são de liderança, como Gerência (18,17%), Coordenação (16,65%) e Supervisão (14,74%), os quais têm um volume menor de vagas em comparação com os cargos de operação.

Contratações de profissionais entre 40 e 50 anos por cargo, comparado com o total de contratações de todas as faixas etárias (em anexo, abaixo)

Profissionais com mais de 40 anos: Uma descoberta

Outra descoberta são as contratações de profissionais entre 40 e 50 anos para vagas de trainee e estágio.

“Algumas empresas estão começando a realizar programas afirmativos para atrair mais diversidade para as suas equipes, e é uma tendência que beneficia ambos os lados: as empresas conseguem aumentar a diversidade e contar com a experiência desses profissionais, que têm muito a contribuir em qualquer equipe em que estiverem inseridos; e por outro lado, esses profissionais têm a oportunidade de se desenvolverem em áreas novas, como tecnologia, por exemplo, e aprender a trabalhar em ambientes mais dinâmicos e inovadores, muito diferentes se comparado à maneira que se trabalhava há 10 anos”, finaliza Mariana Dias.

Profissionais com mais de 40 anos: Lideranças e contratações

A Positiv.a, empresa de produtos de limpeza e autocuidado veganos, hipoalergênicos, feitos com base vegetal e biodegradável, é um exemplo de empresa que possui um comitê de Diversidade & Inclusão e entre as premissas, está o de trazer diversidade para equipe, também, em faixas etárias.

Entre os colaboradores com esse perfil está Enivaldo Vizioli, 42, é líder da área Administrativo & Suprimentos e foi contratado em maio deste ano, com a responsabilidade de ajudar o time na implantação do ERP, desenvolver a área de controladoria, finanças, BI, Compras e Supply.

Enivaldo tem em sua trajetória experiências relevantes como auditor externo pela E&Y, Financial Planning and Analysis na Calvin Klein e gerente de operações de uma ONG holandesa do setor de agroecologia. Além disso, ele é Dive Master de Mergulho e deu aula no MBA do Mackenzie de International Financial Reporting Standards.

Ainda na Positiv.a, Bruno Gontijo, 42, é Líder de Crescimento e Vendas. Formado em Administração de Empresas em 2001, ele foi trainee da AMBEV, onde atuou na área comercial em São Paulo, Brasília e Tocantins.

Depois teve passagens na Indústria Química onde coordenou a criação do departamento de Inteligência de Mercado da Ypê, assumindo também o cargo de Gerência Regional Comercial. Depois de uma breve passagem pela Phillip Morris, ele decidiu que queria buscar mais propósito dentro da sua carreira.

Foi então, em 2010, que começou a atuar com consultoria em projetos de gestão. Em 2014 ele decidiu iniciar uma jornada empreendedora, co-fundando o Mundo Irys, uma startup de impacto socioambiental também no segmento de limpeza. Em maio de 2019 ele encerrou essa empresa e em novembro do mesmo ano iniciou a trajetória de contribuição na Positiv.a.

Profissionais com mais de 40 anos: UNIKE Technologies

No caso da UNIKE Technologies, uma startup FricTech que atua na indústria dos negócios frictionless com tecnologias sem atrito que utilizam autenticação por biometrias, inteligência artificial e visão computacional para melhorar a experiência de jornada do consumidor, André C. Barretto, 45, é CEO da empresa e já atua no ramo de tecnologia há mais de 20 anos e oito com experiência em soluções de identificação e autenticação biométricas.

Apesar da maior parte das startups serem conduzidas por empresários mais novos, André Barretto carrega em sua bagagem um vasto conhecimento na área. Sua trajetória começou logo na juventude quando inaugurou sete lojas de venda de hardware para informática na Bahia aos 17 anos.

Antes mesmo de completar a maioridade, André se especializou no curso superior em Engenharia da Computação e a partir daí, fez da TI um estilo de vida. O empresário também é fundador de startups como ZigPay, ZakPay, TRACTA.co, Vollare, entre outras, além da Venture Builder Blockpar, que possui 14 startups em seu portfólio.

Profissionais com mais de 40 anos: Sobre a Gupy

A Gupy é a empresa líder em tecnologia para Recursos Humanos no Brasil, com 20 milhões de usuários cadastrados e mais de 60 mil posições publicadas mensalmente. Pioneira na utilização de Inteligência Artificial aplicada ao processo de Recrutamento e Seleção no país, a plataforma da Gupy oferece ferramentas para realizar desde o processo de recrutamento até a admissão das pessoas candidatas.

Com clientes em 10 países, entre eles Ambev, GPA, Sicredi, Vivo, Cielo e Renner, já foi investida por fundos como a Canary, Yellow Venture, Maya Capital, Valor Capital e Oria Capital. Para mais informações acesse: https://www.gupy.io/.

Leia também – Comunicação se torna habilidade mais procurada pelas empresas, e profissionais precisam se qualificar.

Acompanha a gente no Instagram.

Conheça todas as Soluções do PraCarreiras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui