Como criar um ambiente corporativo sadio com foco no bem-estar das pessoas

ambiente corporativo sadio

Diretora de recursos humanos do Grupo Adecco Brasil cita algumas atitudes que podem ajudar empresas a transformar o clima interno e assim motivar seus funcionários.

O clima organizacional é um importante indicador de boas práticas corporativas e muito importante para contribuir com a retenção de talentos. Para um ambiente agradável e produtivo, é fundamental que as pessoas se sintam bem e engajadas.
Boas práticas para manter o clima organizacional favorável a esse cenário e a percepção de importância e valorização do capital humano estimulam a motivação e o engajamento dos colaboradores.

Para o Grupo Adecco Brasil, empresa líder global em Recursos Humanos, iniciativas focadas em entender e escutar o que os colaboradores sentem faltam e o que precisa fazer são fundamentais para conquistar um ambiente sadio.

Ambiente corporativo sadio: O que conta a diretora

Lucia Santos, diretora de recursos humanos do Grupo, destaca uso de pesquisas periódicas para saber como os colaboradores se sentem em relação ao que a organização oferece e onde pode promover melhorias para tornar o ambiente cada vez mais agradável para trabalhar. “É preciso fazer pesquisas constantes.
As iniciativas de transformação para um melhor ambiente começam com a comunicação aberta. Por isso, as pesquisas são os termômetros para as empresas realizarem essas mudanças de forma mais assertivas”.

Além do uso de pesquisas, é preciso mudar o foco da empresa e torná-la cada vez mais humana e inclusiva. Por conta da pandemia, discussões em torno de horários de trabalho fixo e modelos de trabalhos tradicionais começaram a ser cada vez mais latentes.
Por isso, folgas, terapias, horários flexíveis, apoio psicológico e financeiro, entre outros, ganharam força e tornaram-se atrativos cada vez mais utilizados para atrair e reter talentos. Para Lúcia, esse é um cenário que deve permanecer pós pandemia.
“Colaboradores estão mais exigentes e buscam trabalhar com empresas que têm esse olhar humano e, consequentemente, estamos vendo empresas preocupadas em como motivar e atrair para voltarmos à rotina, por isso os benefícios têm sido tão valorizados”.

Ambiente corporativo sadio: O papel do líder

O papel do líder no clima organizacional também é algo que deve chamar atenção. A valorização e reconhecimento do desempenho, individual e coletivo, por parte do gestor fortalece o modo como cada profissional enxerga a empresa. Todos esses aspectos contribuem para, cada vez mais, melhorar o clima de bem-estar

Além disso, é primordial cuidar para que as instalações estejam adequadas e priorizem a saúde e bem-estar das pessoas. Estruturas como banheiros, cozinha, estações de trabalho e iluminação devem estar em boas condições de uso.

Ambiente corporativo sadio: As práticas de segurança

As práticas de segurança do trabalho e ergonomia são importantes para assegurar que o colaborador tenha qualidade de vida no ambiente de trabalho. A preocupação real e verdadeira com a saúde da equipe é um ponto positivo para a organização que não se detém apenas nas obrigações trabalhistas.

Lúcia ainda destaca a importância de práticas como a comunicação interna. “Quando a informação circula de forma adequada, as conversas paralelas e desencontradas perdem a força. Ou seja, a comunicação eficaz garante a informação padronizada a todos da empresa”.

Ambiente corporativo sadio: O profissional de RH

O papel do profissional de recursos humanos também foi citado pela profissional da Adecco, que vê como responsabilidade do RH o papel de ajudar a promover ações que gerem felicidade e satisfação dentro das empresas, mas não deve ser prioridade apenas da área.
“A felicidade é um conjunto que vem no pacote que as empresas oferecem, como salário competitivo, benefícios, espaço físico, horários flexíveis, liderança, plano de carreira, benefícios competitivos, entre outros”, finaliza a profissional.

Acompanha a gente no Instagram.

Conheça todas as Soluções do PraCarreiras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui