Consultor dá dicas para evitar sobrecarga no trabalho

Sobrecarga no trabalho

Organização, rotina e planejamento são fundamentais para evitar exaustão e problemas na saúde física e mental com a sobrecarga no trabalho.

O esquema de home office estendeu as jornadas de trabalho e acentuou, segundo pesquisa feita pela Organização Mundial de Saúde (OMS) em parceria com a Organização Internacional do Trabalho (OIT), o risco de doenças, invalidez e morte precoce relacionadas ao trabalho.

Segundo o estudo, trabalhar 55 horas por semana amplia em 35% o risco de um acidente vascular cerebral e aumenta em 17% o risco de morrer de doença cardíaca isquêmica.

Sobrecarga no trabalho: O que conta o consultor

consultor Wagner Thiele diz que encontrar o equilíbrio no desempenho da sua função é desafiador em tempos de crise e alta no desemprego, mas reforça que é preciso saber a hora de parar.

“É preciso gerenciar o seu tempo para ter equilíbrio entre a produtividade no trabalho e os cuidados com a saúde física e mental. E algumas dicas podem ajudar quem está passando por esse problema”, afirma.

Sobrecarga no trabalho: Organizar as tarefas 

Segundo Thiele, o primeiro passo é organizar as tarefas e o espaço de trabalho. “Nem todos têm disciplina e foco para ser produtivo e isso também causa ansiedade e estresse, por isso a organização é fundamental, a começar pelo ambiente”, diz.

Sobrecarga no trabalho: Iluminação e móveis corretos para o trabalho

Ele orienta que o espaço deve ter iluminação correta e móveis próprios para o trabalho. “A luz adequada ajuda a evitar dores de cabeça provocadas pela dificuldade de visão. E essa é uma questão que atrapalha o rendimento. Usar a cadeira correta evita dores na coluna, principalmente, desconforto e lesões ocupacionais”, afirma.

Sobrecarga no trabalho: Fazer pausas

Ainda assim, diz o consultor, é preciso fazer pausas a cada hora trabalhada. “Levante da cadeira, faça alguns movimentos de alongamento, tome uma água com calma e respire fundo. Isso ajuda a encontrar o equilíbrio e evitar a sobrecarga”, completa.

Sobrecarga no trabalho: Planejar a semana

O consultor orienta que o ideal é planejar a semana com as tarefas que devem ser feitas. “É muito mais eficiente porque você tem uma visão global e pode remanejar as tarefas de acordo com a necessidade, e isso evita que a pessoa fique estressada e ansiosa”, diz.

Apesar do home office flexibilizar os horários de entrada, almoço e saída, é preciso estabelecer uma rotina.

“Muitos ficam tão focados no trabalho que nem almoçam, ou almoçam na frente do computador enquanto trabalham. É importante que haja pausa para o almoço, para o cafezinho e até mesmo para uma volta pela casa para respirar, mas, principalmente, tem de ter hora para terminar o dia de trabalho.

Não deve haver excessos para que não haja sobrecarga no organismo e consequente prejuízo da saúde física e mental”, afirma.

Sobrecarga no trabalho: Processos simples

Quanto mais simples os processos de trabalho, diz o consultor, maior a produtividade, mais ágil a entrega e mais tranquilidade na rotina de atividades. “Muitas regras que eram seguidas na empresa não fazem sentido quando se trabalha em casa.

É preciso revê-las. O que antes era decidido em uma reunião que precisaria ser agendada, agora pode ser resolvido com um simples recado pelo WhatsApp”, exemplifica.

E quando houver necessidade de reuniões remotas, o importante é que sejam rápidas e objetivas. “Horas intermináveis de reunião só prejudica a vida de todos. Cansa e há perda de foco. A partir de uma certa hora o cérebro já não funciona mais.

Muitas pessoas na tela prejudica a concentração. Tudo isso contribui para o desgaste coletivo”, diz.

O consultor Wagner Thiele.

Leia também – Saiba como manter a saúde mental e a boa produtividade no home office.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui