Gamificação empresarial nas contratações: a tendência aumentou na pandemia por meio das entrevistas online

Gamificação empresarial

Linkedin, principal rede de negócios mundial, tem empresas que usam do recurso da gamificação empresarial para entender a personalidade e aptidão dos candidatos.

Segundo um relatório desenvolvido pela Deloitte, multinacional que presta serviços de consultoria em todo o mundo, 84% das empresas vão investir no treinamento e capacitação dos funcionários em 2021.

Além disso, as decisões serão tomadas a partir de dados, para 61% dos entrevistados para a pesquisa da consultoria PWC, os dados já complementam o julgamento, experiências, intuição e aconselhamento na tomada de decisões, embora não substituam os aspectos humanos, ou seja, a cada dia mais a tecnologia se funde às empresas e buscam assim melhorar a experiência do consumidor e ajudar na gestão de pessoas.

Gamificação empresarial: Otimizando os processos de contratações

A Nestlé otimizou os processos de contratações e treinamentos através dos jogos. A empresa afirmou ao site InfoMoney, em 2019, que houve um aumento de 59% na assertividade da contratação.

Ana Schiavone, gerente de Talent Acquisition (aquisição de talentos) da Nestlé , disse que os principais pontos de avaliação são o raciocínio lógico, a agilidade mental e se o comportamento se adequa à cultura da empresa.

Leiza Oliveira, CEO do Centro de Formação Minds Idiomas, morou dois anos nos Estados Unidos e já via a gamificação na educação, trouxe a metodologia para a rede no final de 2017. Em 2019, começou a utilizar também nos processos seletivos e de gestão de cargos dentro da rede.

Gamificação empresarial: Aprofundando o conhecimento

“Com os games aprofundamos o conhecimento de cada indivíduo, e principalmente se ele tem aderência a nossa cultura.

Além disso, estimula uma competição saudável e mantém os funcionários motivados mesmo em um 2020 como tivemos.” Diz a CEO, que não fechou nenhuma escola ano passado e ainda lançou um modelo de microfranquia neste ano, 2021.

Quem esteve à frente da implementação de games, na rede, foi Renato Garcia. Diretor Publicitário da Minds, segundo ele a rede investiu 45% em sistemas de Inteligência Artificial que pudessem aprimorar e ler os resultados com mais assertividade.

“Nossos funcionários e os candidatos à vaga, seja para subir de cargo ou quem está entrando, recebem a cartilha e o acesso na plataforma. Com isso, já começa a trilha de desafios, a cada desafio temos uma bonificação para os já contratados.

Gamificação empresarial: Processo seletivo para cada etapa

Para quem está entrando, é feita a etapa do processo seletivo de acordo com cada área. Assim destacamos os perfis e selecionamos quem realmente tem a ver com o perfil da vaga e da empresa”, diz Renato Garcia.

Renato Garcia, Diretor publicitário da rede educacional, Minds Idiomas, com 70 escolas, usa da gameficação online e boardgames p/ treinamentos e novas contratações

Pensando nisso, o Diretor Publicitário do Centro de Formação Minds Idiomas, Renato Garcia, desenvolveu 3 motivos para implementar a gamificação na contratação e treinamento de funcionários.

Gamificação empresarial: Motivo 1. Candidato ideal

O candidato ideal não existe, porém com os jogos você aproxima ele da marca e dos valores da empresa.

Toda marca tem como norte sua visão, missão e valores. Há uma cultura que deve ser seguida dentro da empresa e, com isso, através dos games, conseguimos aproximar os valores dos funcionários e futuros candidatos da cultura organizacional Minds.

Por meio da gamificação selecionamos os perfis que se enquadram melhor para determinadas funções. De forma remota, os candidatos conseguem participar do processo seletivo. Os games vem para ajudar neste processo de seleção à distância.

Gamificação empresarial: 2.Otimização de tempo

Muitas vezes, abrimos uma vaga e somos inundados com muitos currículos e precisamos de horas para que eles sejam triados no RH. Com o game, essa etapa já é realizada automaticamente. Otimizando o tempo dos recrutadores e da empresa.

Selecionando os perfis por meio de habilidades e competências sócio-emocionais, assim, a vaga é preenchida por quem realmente dá “match” conosco.

Gamificação empresarial: 3. Dados e devolutivas pautáveis

Como o aplicativo gera dados, podemos analisar se o nosso processo tem algum entrave. Se estamos no nível esperado e no tempo fixado para contratação.

Além disso, conseguimos mandar de maneira mais assertiva o comunicado aos candidatos que passaram no processo e aqueles que foram eliminados com os motivos da negativa.

Assim, o feedback fica coerente, rápido, e pode-se dar a chance dos candidatos enxergarem os seus pontos positivos e negativos.

Veja algumas vagas disponíveis em todo o brasil:

Banco PAN

O Banco PAN, controlado conjuntamente pelo Banco BTG Pactual e pela Caixa Participações (Caixapar), atua com foco em pessoas físicas (classes CDE).

Vagas abertas: 310

Áreas: consultores comerciais, tecnologia, operações, crédito e cobrança, analytics, produtos, CRM e marketing

Salários: de R﹩ 2.400 a R﹩ 12 mil. Há pagamento de comissões para a área comercial

Principais benefícios: assistência médica e odontológica, vale-alimentação (VA), vale-refeição (VR) auxílio-creche, seguro de vida e programa de participação nos resultados, entre outros

Inscrição: acesse aqui.

OBS: As vagas são abertas para todas as regiões do país e também destinadas a pessoas com deficiência, que integrarão o programa de diversidade e inclusão do banco.

Troc

A Troc é uma plataforma de moda circular e faz parte do grupo Arezzo&CO, que reúne marcas como Arezzo, Vans e Reserva, entre outras. O brechó online conecta pessoas que querem comprar e vender roupas, bolsas, sapatos e acessórios usados das melhores marcas.

Vagas abertas: 100

Áreas: curadoria, fotografia, logística, tecnologia e marketing

Salários: de R﹩ 1.300 a R﹩ 8.000

Principais benefícios: cartão de crédito Caju com saldo livre para refeição, alimentação, mobilidade, saúde, cultura e educação Inscrição acesse aqui ou envie o currículo para o email vagas@troc.com.br.

Sólides

A Sólides está com 19 vagas atualmente e até fevereiro vai disponibilizar em torno de 100 oportunidades para os cargos de vendedor(a) – Inside Sales, gerente de Inbound Marketing, desenvolvedor(a) Ruby On Rails – Pleno, estágio em Recrutamento e Seleção, analista de QA Pleno, desenvolvedor(a) React.js, engenheiro de Machine Learning e IA, customer Success OPS (Análise de dados), gestor(a) VSB (Very Small Business), estagiário Inside Sales, gestor(a) de HRScore, analista de Processos, secretária (o) executiva (o), estagiário de Métricas em Marketing, UX/UI – Product Designer Pleno, Analista de Suporte Técnico e Desenvolvedor(a) Backend – PHP Pleno, entre outros. Os interessados devem se candidatar pelo AQUI.

SalesFarm

A SalesFarm está com 30 vagas abertas para a vendedor. As oportunidades são para qualquer lugar do Brasil, pois o trabalho é 100% remoto. Os interessados devem se candidatar AQUI.

Cidadania4u

A Cidadania4u está com oito vagas abertas para Inside Sales em formato remoto/home office. É desejável que o candidato tenha formação em administração, marketing, engenharias, Direito ou áreas afins; experiência com vendas; e conhecimento de técnicas de vendas (SPIN Selling, BANT, GPCT) é um diferencial. Os interessados devem se candidatar AQUI.

Provi

A Provi está com vagas abertas para as áreas de tecnologia, inovação, experiência do cliente, vendas, entre outras. Os interessados podem acessar as informações AQUI.

Minds

A Minds Idiomas oferece a Universidade Minds em que treina o franqueado em todas as esferas da escola através da gamificação – Administrativa,Comercial e Pedagógica, e ainda entrega todo o sistema de gestão, as aulas ao vivo e online, o EAD, e o sistema híbrido. Para saber mais e ter a sua franquia em 2021, fale com a gente: @vivi_minds ou acesse aqui!

Sobre a Minds Idiomas

Com 13 anos de existência, o segredo da rede de idiomas Minds é a tecnologia. Com 72 escolas em todo país, a Minds foi a primeira rede a implantar o ensino do inglês em tablets mantendo os livros físicos. Com especialistas em captação de conteúdo, a CEO Leiza Oliveira, tem consciência que a forma de aprendizado de cada criança e adulto é individual.

Personalização e inovação são as palavras que movem franqueados e alunos da rede. O tempo de duração do curso da Minds é de 18 meses e há outras modalidades de ensino personalizadas. Acesse o nosso site e conheça mais sobre o mundo Minds acessando aqui!

Leia também – Gamificação na empresa: avance várias casas no seu negócio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui