Pesquisa revela que 77% das empresas investem em conquistar novos colaboradores

Novos colaboradores

Estudo realizado pela Team Upp aponta que durante pandemia empresas passaram a investir em apoio psicológico, financeiro e horários flexíveis para novos colaboradores.

Fomentar o bem-estar dos colaboradores é papel fundamental de toda empresa que quer crescer e se consolidar como marca empregadora.

E é justamente a ação de pensar nos funcionários que o estudo Benchmark de Employee Experience 2020 retrata. A pesquisa, que ouviu 153 empresas brasileiras, foi realizada pela empresa de consultoria especializada em engajamento e bem-estar gamificados, Team Upp, e apontou que 77% das empresas estão desenvolvendo estratégias que as consolidem como marcas empregadoras fortes.

Entre as ações para fortalecer a experiência de trabalho está o investimento em apoio psicológico, apoio financeiro, flexibilização dos horários e o modelo de trabalho em home office. Todas as medidas foram intensificadas no cenário de pandemia.

Novos colaboradores: O que aponta a pesquisa

A pesquisa também mostra que, apesar da medida, 69% das empresas ainda não possuem um programa de Employer Branding consolidado e 90% das organizações afirmam que a atração de novos talentos é um dos principais desafios do mercado. “Pensar apenas na experiência do consumidor não basta.

O que vemos como tendência das empresas que lideram os índices de Customer Experience é reconhecer a importância do que seus colaboradores sentem durante sua jornada de trabalho e investir na experiência dessas pessoas.

Essa também é a chave para garantir a retenção e atração de talentos”, conta Pedro Iglesias, porta-voz da Team Upp, investida da Tapps Ventures, Startup Studio aceleradora de novos negócios.

De acordo com o porta-voz, pensar em Employee Experience é mais do que trazer puffs amarelos, colocar mesas de jogos dentro das empresas e até mesmo estruturar um bom plano de carreira.

Novos colaboradores: O exemplo

Exemplo disso, é que 55% das empresas entrevistadas passaram a investir em apoio psicológico para seus colaboradores, número que cresceu 32% durante o período de pandemia. As organizações também passam a oferecer apoio financeiro (33%) e com o momento de pandemia, até disponibilizam móveis para o bem-estar dos funcionários em home office (44%).

“Todos esses exemplos fortalecem a importância de olhar para cada colaborador individualmente e entender suas necessidades. Essas são ferramentas importantes para a melhoria no desempenho e engajamento e é mais do que uma estratégia eficaz, é também uma maneira responsável e ética de empreender no mundo moderno”, explica Pedro.

Para ter acesso à pesquisa completa é só acessar o site da especialista em gamificação, Team Upp: www.teamupp.com.br, e conferir o “1º Benchmark de EX do Brasil”.

Novos colaboradores: Sobre a Team Upp

A Team Upp, investida da Tapps Ventures, é uma consultoria especializada em engajamento e bem-estar gamificados, com soluções personalizadas de Employee Experience. A startup tem como missão transformar a relação das pessoas com seus trabalhos e ajudar as empresas no desafio de reter talentos, promovendo a marca empregadora e vantagens competitivas de mercado.

Novos colaboradores: Sobre a Tapps Ventures

Fundada em 2018, a Tapps Ventures é uma Startup Studio, do Grupo Tapps, com objetivo de descobrir ideias e impulsionar outras startups emergentes para alcançarem seu potencial. No portfólio, Tapps Ventures já conta com as empresas: SPXP, portal de experiências da cidade de São Paulo; TeamUpp, empresa de consultoria especializada em engajamento e bem-estar gamificados, e Venturion, estúdio que desenvolve produtos inovadores em tecnologia de Realidade Virtual.

Novos colaboradores: Funcionários satisfeitos são 12% mais produtivos

Um relacionamento com seu líder permite que o colaborador se sinta à vontade no trabalho, veja como melhorar no relacionamento da empresa.

Isso se reverte em muitos benefícios para seu negócio. Afinal, as empresas são feitas por pessoas (e para pessoas), que possuem sentimentos, necessidades e diferenças e as questões humanas interferem na produtividade, criatividade e no estímulo no trabalho.

Um estudo da Universidade de Warwick , no Reino Unido, mostra que colaboradores satisfeitos e felizes são 12% mais produtivos.

Leia a matéria completa sobre funcionários mais satisfeitos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui