Planejamento, pandemia e perspectivas: como ponderar o imponderável

planejamento em tempos de pandemia

Planejamento, pandemia e perspectivas: como ponderar o imponderável, esse é o tema do artigo de hoje, escrito por Maycon Xavier, Diretor de Planejamento da Neo.

O planejamento em tempos de pandemia é um dos temas mais importantes a ser seguido nesse momento atual.

Neste ano tão conturbado que chega aos seus últimos dias, fomos confrontados por uma realidade que, vez por outra, negamos de maneira indiferente, a de que os nossos planos estão sempre sujeitos a imprevistos.

Seja o bel prazer do acaso, algum fator exógeno altamente específico ou aleatório, ou mesmo uma pandemia global (tal como a que estamos vivendo, que acometeu mais de 62 milhões de pessoas, matou outras 1,5 milhão e mudou as vidas de todos nós), sempre voltamos ao mesmo lugar: a importância de um bom planejamento.

Não obstante a esta realidade fortuita, eu me pergunto qual será o papel do planejamento em nossas estratégias para 2021.

Planejamento em tempos de pandemia: Análise de comportamentos

Um planejamento bem feito passa por uma análise de comportamentos e padrões históricos, entendimento de premissas, algum silogismo e, finalmente, a certeza de que vamos errar (afinal, se fazer planejamento perfeito fosse fácil, melhor seria planejar os 6 números da mega sena, certo?).

Planejamento não pressupõe 100% de precisão; planejamento admite o imponderável, e com planos sólidos e eficientes possibilita “contornar as intempéries” sem se perder rumo ao seu objetivo.

Com todas as incertezas que pairam no horizonte sobre a segunda e terceira ondas, vacinas, home-office e efeitos econômicos, realizar um bom planejamento é condição sine qua non para obter o sucesso em planos estratégicos.

Planejamento em tempos de pandemia: A cultura do planejamento

A cultura de planejamento que vai além das áreas estratégicas ou executivas e permeia a cadeia produtiva desde a supervisão até o board da companhia é o que torna a Neo mais eficiente e ágil no alcance das metas, no acompanhamento dos resultados e na correção de problemas. Muito mais que um diferencial, este é um dos pilares do nosso business.

Trabalhamos não só para ter a capacidade de entendimento e de reação ante aos negócios tradicionais, mas, acima de tudo, para termos a compreensão de ameaças e de mudanças tecnológicas do novo mundo digital, globalizado e pandêmico.

Cabe a nós gerar para os nossos clientes soluções digitais, de baixo custo, com alto poder de resolução e valor agregado. E como fazer tudo isso? Com planejamento.

Planejamento em tempos de pandemia: De forma prática

De forma prática, a Neo reforça essa cultura de forma muito intensa, com projetos voltados à padronização e sistematização de projeções.

Promovemos o acompanhamentos de desvios, dos dimensionamentos mais eficientes e produtivos e também do reforço do acesso multicanal das nossas informações, disponibilizando mais de 70% de todas os nossos dados via portal próprio em desktop ou mobile.

Nessa linha, podemos citar projetos futuros, como a implantação de um novo Workforce Management e todas as suas funcionalidades, além da criação de um CSC para geração de escalas e acompanhamento de aderência.

Esses, dentre outros projetos, nos permitirão ter a visibilidade de mais cenários possíveis em menos tempo, bem como acompanhar e medir os resultados mais rápidos e mudar a estratégia quando necessário.

Planejamento em tempos de pandemia: Garantir o foco

Dessa forma, poderemos garantir o foco e alcançar os nossos objetivos, sobretudo no que diz respeito ao crescimento da operação, ao reforço do nosso posicionamento e soluções digitais e a satisfação de nossos clientes e colaboradores.

Os desafios e incertezas não são poucos, e fazem parte de uma nova realidade sem precedentes. Podemos encarar isso com a esperança ou com o temor. Eu, particularmente prefiro vislumbrar essa e qualquer outra situação com planejamento, afinal, como diria Winston Churchill, “nunca desperdice uma boa crise”. Ou, como pregam os sábios chineses, “crise = risco + oportunidade”.

Leia também – Tendências 2021: de quais habilidades as empresas vão precisar no pós-pandemia?.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui