Plataformas de recrutamento e seleção cresceram até mais de 100% durante a pandemia

Plataformas de recrutamento e seleção

Novas formas de entrevistar candidatos como as plataformas de recrutamento e seleção  movimentam ambiente online durante a pandemia.

Quem procurou emprego ou precisou fazer recrutamento em meio à pandemia precisou lidar com novas dinâmicas no processo seletivo.

A pandemia do coronavírus ainda não acabou e tem ensinado todos os dias novas formas de dar andamento à rotina sem pecar pela falta de cuidado ou exposição ao vírus.

No ambiente corporativo os efeitos passaram por diversas áreas, do acompanhamento da equipe por home office ao processo de recrutamento. O estudo “Um olhar do digital sobre a saúde mental e o trabalho” produzido pela Decode em parceria com o Grupo Kronberg apresenta em dados essa mudança de comportamento.

Plataformas de recrutamento e seleção: Segundo pesquisa

A pesquisa revelou que, neste ano, houve um crescimento de 545% nos anúncios de trabalho remoto comparado a 2018/19. A modalidade de trabalho foi adotada por 46% das empresas brasileiras com seus colaboradores em home office.

Outro dado mostra que plataformas de recrutamento online ganharam destaque nesse período. Com isso perceberam os benefícios como redução de custo e tempo de contratações facilitando a dinâmica e o tempo dos candidatos e das empresas.

Plataformas de recrutamento e seleção: Metodologia

A pesquisa coletou os dados por meio do mapeamento de ambiente digitais e palavras-chave relacionadas ao universo do trabalho, carreira e aos impactos da pandemia no mundo profissional e no aspecto psicológico das pessoas durante o período de 20 de agosto de 2018 e 20 de agosto de 2020.

O método partiu da análise manual de uma amostra do universo de menções, que garantiu um nível de confiança de 95% e 5% de margem de erro.

De acordo com Lucas Fontelles, Head de Consumer Insights da Decode, na pesquisa por amostragem, o exercício do pesquisador é justamente o de criar uma amostra que ‘espelhe’ o universo geral. “É importante ter em vista, é claro, os limites do fenômeno de digitalização da população no Brasil.

Apesar disso, ao trabalharmos com um volume grande e diverso de dados do digital, cada vez mais é possível espelhar a realidade brasileira para conhecer os hábitos, preocupações e necessidades da população. Isso se torna ainda mais relevante neste momento de pandemia, em que diversas atividades migraram para o ambiente digital”, observa.

A pesquisa completa está disponível gratuitamente neste link.

Plataformas de recrutamento e seleção: Sobre o Grupo Kronberg

A Kronberg é uma consultoria, com mais de 18 anos no mercado, focada em programas customizados, que utilizam ferramentas validadas cientificamente para que profissionais de liderança, linha de frente e vendas se desenvolvam e prosperem em um ambiente altamente volátil e complexo no mundo de negócios, tendo como base dos programas a Ciência da Inteligência Emocional, Ciência da Positividade e Neurociência do Aprendizado.

Entre seus clientes estão empresas como Siemens, Honda, Rede Ímpar de Hospitais, Ofner, Alelo, Ri Happy, Agaxtur, grupo Brookfield, Vitacon, Delta Airlines e Accor Hotels, entre outros.

Plataformas de recrutamento e seleção: Sobre a Decode

A Decode é uma empresa de data analytics e client acquisition specialist do BTG Pactual, criada em fevereiro de 2019. Por meio de um ecossistema de coleta e análise de dado de mais de 30 ambientes online, desenvolve produtos e serviços para compreender fenômenos sociais e o comportamento do consumidor, com objetivo de elaborar soluções de negócios orientadas por dados para maximização de receita, no ambiente digital.

Já realizou estudos para empresas e organizações como: Fórum Brasileiro de Segurança Pública, Instituto Avon, BHB Food, Vallya.

Plataformas de recrutamento e seleção: Um pouco mais sobre as plataformas

Segundo levantamento realizado pela Taqe, plataforma de recrutamento e seleção digital , apenas 2% dos currículos recebidos são considerados para fases finais dos processos seletivos.

Para otimizar esse processo, Renato Dias e Denise Asnis criaram, em 2016, uma solução que utiliza testes gamificados para recomendar profissionais treinados a recrutadores. O objetivo da plataforma é conectar todo o ecossistema de empregabilidade, ampliando as oportunidades para candidatos e aumentando a produtividade das empresas.

Leia a matéria completa e entenda mais sobre o assunto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui