Afinal, o que é felicidade corporativa?

O que é felicidade corporativa

Com a pandemia, a área de recursos humanos passou a ter ainda mais foco e preocupação com os colaboradores e o tema sobre o que é felicidade corporativa acabou se expandindo para toda a liderança.

Em 2020, muito se falou sobre programas de bem-estar, saúde mental, employee experience (ou experiência do colaborador – em português), felicidade no trabalho, entre outros fatores. Mas, afinal, o que é a felicidade corporativa?

O tema já é falado e discutido nas empresas europeias há alguns anos, segundo Madalena Carey, fundadora da Happiness Business School, de Portugal, “a felicidade no trabalho é como as pessoas se sentem, é sair da cultura de ‘dar algo’ – para ‘fazer com que os colaboradores sintam algo’, além de deixar que sejam quem são”, explica Carey.

O que é felicidade corporativa: Renata Rivetti

Fundadora e diretora da Reconnect | Happiness at Work – empresa brasileira que firmou parceria exclusiva com a Happiness Business School de Portugal no ano passado – “não adianta as empresas acreditarem que farão os funcionários felizes somente com o aumento dos salários, bônus ou benefícios, pois quando eles conquistarem isso, continuarão na busca incessante pelo mito da felicidade de que ‘só somos felizes quando obtemos algo material’”.

O que é felicidade corporativa: Pensando nisso, qual é o papel da liderança e da área de Recursos Humanos na felicidade do time?

Os programas de bem-estar e saúde mental são necessários, assim como também é preciso prestar atenção nas experiências dos colaboradores (employee experience). É possível fazer isso através da equação de três fatores de Jacob Morgan – autor de três best-sellers e co-fundador da Comunidade do Futuro do Trabalho – são eles: cultura, tecnologia e espaço físico.

Porém, quando se fala em felicidade é importante ir um pouco além. Não adianta a jornada do colaborador ser “perfeita” se a pessoa não sentir que pertence ao time ou que é reconhecida. Ou seja, felicidade vem de como nos sentimos e não do que recebemos.

O que é felicidade corporativa: Sentimento de empoderamento

Segundo a consultoria Robert Half, com mais de 23 mil pessoas por todo o mundo, a felicidade está ligada ao sentimento de empoderamento, valorização, trabalho interessante e significativo, senso de igualdade e relações de trabalho positiva.

Rivetti mostra um exemplo simples: “não adianta o novo colaborador receber um ‘super kit’ com brindes/mimos, além de um computador novo e potente para trabalhar em home office, se ninguém recebe essa pessoa como – um mentor – para incluí-la na cultura da empresa”.

“Mais do que receber um kit com máscara personalizada, álcool em gel e outros mimos, os novos funcionários precisam e querem sentir-se acolhidos, pertencentes àquele novo ambiente”, explica Rivetti.

O que é felicidade corporativa: A pesquisa

Amy Wrzesniewski, professora de Yale, realizou uma pesquisa com faxineiros do hospital da universidade americana e constatou que havia “dois grupos” distintos. Enquanto um grupo enxergava o trabalho exatamente como descreve o job description, o outro tinha um propósito que ia além do que limpar o ambiente.

Este segundo grupo notava quais pacientes não haviam recebido visitas, quais estavam tristes, e com isso, eles passavam nos quartos para fazer a limpeza mais de uma vez por dia – quando interagiam com as pessoas que estavam internadas.

Ou seja, esse grupo de faxineiros via o trabalho como missão, não somente um emprego, e sentiam que ajudavam pacientes a se curarem.

Isso, obviamente, não está em seu job description, mas mesmo assim eles fazem e se sentem mais felizes e realizados.

O que é felicidade corporativa: O resultado é maior produtividade e engajamento

“Na Reconnect sabemos que não dá para falar de felicidade e fazer as mudanças de um dia para o outro. Precisamos educar as pessoas, principalmente a liderança, mostrando que a felicidade resulta no sucesso”, explica Renata.

“Mudar o mindset, quebrar mitos e crenças que todos carregam é um processo que precisa de esforço e dedicação. Mas nós acreditamos que é possível e sempre sugerimos que as empresas comecem com o primeiro passo”, conclui Renata.

Há alguns anos falar de felicidade nas empresas parecia um sonho impossível. Hoje parece muito real e viável.

O que é felicidade corporativa: Sobre a Reconnect | Happiness at Work

Nascida em 2017, a Reconnect é uma empresa brasileira especializada em “Felicidade no Trabalho” (“Happiness at Work”, em inglês).

Com programas e serviços que podem auxiliar corporações e pessoas físicas, seu principal objetivo é criar ambientes de trabalho mais felizes, além de culturas mais saudáveis e com mais significado.

Em 2020 firmou parceria exclusiva com a “Happiness Business School” – uma das líderes do tema “Happiness at Work” na Europa, com atuação em países como Portugal, Suíça e Austrália. Mais informações no site: https://www.reconnecthappinessatwork.com/
.

Leia também – Felicidade corporativa – Conciliando trabalho e vida pessoal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui