Google search engine
InícioComportamentalPsicólogo explica o que é a Síndrome de Boreout e aponta as...

Psicólogo explica o que é a Síndrome de Boreout e aponta as principais diferenças com a Síndrome de Burnout

Alternativa às síndromes é a dedicação do indivíduo em atividades que o envolvem em grupos com suporte social, como esporte e arte.

Cientificamente, o termo Síndrome de Boreout é recente e tem poucas repercussões, inclusive em nível mundial. Essa síndrome se caracteriza por um estado psicológico negativo acerca da disposição para o trabalho.

Síndrome de Boreout: Origem

Sua origem é proveniente da palavra inglesa boring, que em português significa: chato, enfadonho, tedioso. É o que explica o Me. Renatto Cesar Marcondes, que leciona no curso de Psicologia da Universidade Cruzeiro do Sul.

Segundo o docente, que também desenvolve pesquisas nas áreas de psicologia organizacional, trabalho e empreendedorismo, essa Síndrome pode surgir em trabalhos que apresentam baixa demanda em comparação à formação do indivíduo, ou ainda, que oferecem muitos recursos e demandas.

“Por diversas vezes, o Boreout pode se apresentar por uma irritação, falta de paciência e baixo engajamento nas atividades de trabalho. É importante ressaltar que, como ainda é um fenômeno com pouco entendimento, faz-se necessário olhar com ressalvas, até porque esses sintomas estão presentes em muitas outras condições de sofrimento no trabalho, como depressão, ansiedade e especialmente, presenteísmo”, ressalta. 

Síndrome de Boreout: As estratégias corretas

O psicólogo explica, que a Síndrome não se trata de uma psicopatologia ou sofrimento conhecido, e que tratamento, por exemplo, não é a estratégia correta. “É possível apenas evitar ou mitigar tal condição, buscar outras perspectivas para a vida.

Recomenda-se para o cuidado físico e mental, realizar outras coisas que se gosta de fazer, e que exigem esforço, dedicação, como arte, esportes e atividades que envolvem o indivíduo em grupos com suporte social, essas são boas alternativas, o mesmo serve para a outra Síndrome mais conhecida, como a Burnout”, analisa.

Quanto à Síndrome de Burnout, o psicólogo explica que o termo, por sua vez, caracteriza-se por uma exaustão emocional vinculada ao trabalho. “É mais prevalente nos trabalhadores que estão na atenção para indivíduos em situação de vulnerabilidade, ou ainda de aprendizagem, como: profissionais da saúde, professores, assistência e segurança mormente. Os sintomas mais comuns são: embotamento afetivo, despersonalização, exaustão emocional, ausência de realização profissional e em algumas situações o cinismo”, avalia.

Síndrome de Boreout: Diferentes

Para Renatto, as síndromes, apesar de semelhantes, são coisas diferentes. Enquanto Burnout refere-se a uma exaustão emocional amplamente conhecida, sobretudo dentro das organizações, Boreout ainda outra carece de maiores estudos.

Por fim, o especialista destaca que as organizações devem atentar-se às temáticas, ter uma maior percepção acerca dos funcionários, sobretudo no atual cenário de pandemia, em que demandas aumentaram e o consumo de tecnologia foi potencializado.

“Cobrar produtividade de qualquer jeito nos adoece e reduz a mesma produtividade em médio e longo prazo, afinal nós trabalhamos mais e melhor quando estamos bem com nosso trabalho. A área de Psicologia Organizacional e do Trabalho dispõe de um olhar psicossocial do trabalho, que engendra caminhos para gerir trabalhadores com estratégias que tornam o trabalho mais saudável e, em decorrência, produtivo para as organizações”, argumenta o docente Me. Renatto Cesar Marcondes.

Síndrome de Boreout: Sobre a Universidade Cruzeiro do Sul

Há quase 50 anos atuando no ensino superior, a Universidade Cruzeiro do Sul conta com aproximadamente 110 mil alunos, distribuídos em cursos de Graduação, Pós-graduação lato e stricto sensu, a distância e presencial, nos campi Anália Franco, Liberdade, São Miguel, Paulista, Santo Amaro, Guarulhos e Villa-Lobos.

É reconhecida por sua forte atuação na área social e pelo destaque em vários indicadores oficiais nas áreas de ensino, pesquisa e extensão. Pertence ao grupo Cruzeiro do Sul Educacional, um dos mais representativos do País, que reúne instituições academicamente relevantes e marcas reconhecidas em seus respectivos mercados, Universidade Cruzeiro do Sul e Universidade Cidade de São Paulo – Unicid (São Paulo/SP), Universidade de Franca – Unifran (Franca/SP), Centro Universitário do Distrito Federal – UDF (Brasília/DF, Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio – Ceunsp (Itu e Salto/SP), Faculdade São Sebastião – FASS (São Sebastião/SP), Centro Universitário Módulo (Caraguatatuba/SP), Centro Universitário Cesuca (Cachoeirinha/RS), Centro Universitário da Serra Gaúcha – FSG (Bento Gonçalves e Caxias do Sul/RS), Centro Universitário de João Pessoa – Unipê (João Pessoa/PB), Centro Universitário Braz Cubas (Mogi das Cruzes/SP) e Universidade Positivo (Curitiba, Londrina e Ponta Grossa /PR), além de colégios de educação básica e ensino técnico. Visite: www.cruzeirodosul.edu.br e conheça o Nosso Jeito de Ensinar.

Síndrome de Boreout: Sobre Renato

Me. Renatto Cesar Marcondes leciona no curso de Psicologia da Universidade Cruzeiro do Sul e desenvolve pesquisas nas áreas de psicologia organizacional, trabalho e empreendedorismo.

Leia também – Como o burnout pode derrubar seu desempenho no trabalho?

O PraCarreiras e a mentoria de carreiras

O PraCarreiras também faz uma mentoria de carreira, com preparação de currículo, LinkedIn, dinâmica de grupo e ensaio de entrevista de emprego.

Oferecemos soluções completas para que o profissional se posicione de forma adequada nos processos seletivos.

Para conhecer mais sobre os tipos de mentoria de carreira, clique aqui

Acompanha a gente no Instagram.

Conheça todas as Soluções do PraCarreiras.

Quer falar com a gente? Entre em contato no nosso WhatssApp.

 

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments

luiz orivan boccalletti junior on Análise de currículo grátis – Sorteio 2020
Amanda Galhardo on Fui demitido, e agora? Confira
Ana Carolina Okubo on Como montar um currículum vencedor?
Carlos Eduardo on Fui demitido, e agora? Confira
Fale com o PraCarreiras