Google search engine
InícioMercado de TrabalhoProcesso seletivo inclusivo fazem diversidade em empresas chegar a 55%; negros e...

Processo seletivo inclusivo fazem diversidade em empresas chegar a 55%; negros e pardos já representam 54,68% das contratações

Processo seletivo inclusivo: levantamento realizado pela HRTech Gupy revelou ainda que a admissão de negros aumentou 17,97% e a de pardos 13,93%, mas apontou também o tamanho da desigualdade racial quanto à escolaridade e cargos ocupados.
Há tempos as empresas têm se mostrado mais preocupadas em avançar nos diálogos sobre inclusão e promover programas que incentivem a contratação de profissionais diversos, e suas iniciativas têm surtido efeito positivo.
Um comparativo feito pela Gupy, empresa líder em tecnologia para Recursos Humanos no Brasil, entre agosto/setembro e outubro/novembro deste ano revelou que a contratação de negros aumentou 17,97%, e a de pardos 13,93%.
Só entre 01 de julho e 15 de novembro, a representatividade na contratação de pessoas negras e pardas chegou a 54,68%, e no período de julho a agosto, o índice de diversidade entre os candidatos admitidos pelas cerca de 100 empresas que aderiram ao pacote Soluções de Diversidade – criado pela Gupy para promover a igualdade e tornar as contratações das empresas mais justas, diversas e inclusivas – bateu 55% .

Processo seletivo inclusivo: empresas estão revisando requisitos

Segundo Guilherme Dias, CMPO e cofundador da Gupy, além do crescimento nas campanhas e programas de incentivo à inclusão racial, esses números positivos estão sendo puxados também por muitas organizações que estão revendo seus processos seletivos e os requisitos das vagas publicadas para não afastar profissionais negros e pardos que têm grande potencial, mas só não tiveram a oportunidade de cursar uma faculdade ou estudar uma segunda língua, por exemplo.
“Entre as pessoas negras, apenas 33,17% dominam a língua inglesa, entre pardos 29,78%, enquanto essa porcentagem entre pessoas brancas é de 52,82%. Muita gente não faz ideia de como esses pontos segregam”, ressalta o executivo.

A quantidade de pardos com ensino superior chega a 26,63%, e de negros a 30,07% – 62,91% mulheres negras -, se aproximando dos 38,98% brancos. Mas é no nível médio de formação que há maior concentração de negros, 45,30%, e pardos, 48,77%, enquanto entre os brancos essa porcentagem fica em 29,23%.

Processo seletivo inclusivo: escolaridade é divisor

A escolaridade tanto é um divisor de candidatos, que das quase 15 mil vagas para trabalho remoto ofertadas por meio da Gupy, de acordo com um comparativo entre agosto/setembro e outubro/novembro deste ano, 81% foram preenchidas por candidatos brancos, 7,40% por pessoas pardas e apenas 4% por pessoas negras.
Vale relacionar isso ao fato de que grande parte das pessoas negras e pardas atua como operador ou auxiliar, e segue sem muita representatividade em vagas para analista ou cargos de liderança, como diretor, coordenador e gerente:

Processo seletivo inclusivo: promovendo a mudança

Para evitar que qualquer tipo de viés inconsciente do recrutador venha à tona nos processos seletivos, a Gupy conta com uma inteligência artificial, a Gaia, que revisa currículos sem olhar características como etnia, gênero e orientação sexual, e sem levar em consideração em qual universidade a pessoa estudou, por exemplo.
E para incentivar a inclusão das minorias, que podem não ter tido acesso a uma formação superior ou a mais experiências profissionais, a Gupy adquiriu recentemente a Niduu, startup de educação corporativa que oferece soluções em upskilling e lifelong learning, para que as empresas promovam o desenvolvimento de seus colaboradores.

“As organizações precisam parar para analisar se estão sendo inclusivas, se há diversidade em seus times, e partir para a ação. Isso fará a diferença no combate ao racismo estrutural que, infelizmente, ainda está muito presente no mercado de trabalho – e no país, como um todo”, conclui Guilherme Dias.
*Período de apuração: de 01 de julho a 15 de novembro de 2021;
**Quantidade de candidatos analisados: mais de 50 mil;
***Os dados levantados são de pessoas que informaram seus dados de diversidade na Gupy, não representando então 100% da base de usuários contratados via Gupy no período;

O PraCarreiras e a mentoria de carreiras

O PraCarreiras também faz uma mentoria de carreira, com preparação de currículo, LinkedIn, dinâmica de grupo e ensaio de entrevista de emprego.

Oferecemos soluções completas para que o profissional se posicione de forma adequada nos processos seletivos.

Para conhecer mais sobre os tipos de mentoria de carreira, clique aqui!

Acompanha a gente no Instagram.

Conheça todas as Soluções do PraCarreiras. Ou chame nosso time agora mesmo.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments

luiz orivan boccalletti junior on Análise de currículo grátis – Sorteio 2020
Amanda Galhardo on Fui demitido, e agora? Confira
Ana Carolina Okubo on Como montar um currículum vencedor?
Carlos Eduardo on Fui demitido, e agora? Confira
Fale com o PraCarreiras