Como as realidades Virtual e Aumentada podem ajudar a manter os times mais motivados em tempos de pandemia

times mais motivados

Especialista da Venturion explica o que são os recursos e seus diferentes usos para impulsionar a produtividade nos negócios e manter os times mais motivados.

Com as demandas sendo cada vez mais dinâmicas, complexas e exigindo agilidade dos colaboradores, realizar um treinamento corporativo diferenciado, estratégico e assertivo pode ser um grande desafio para empresas que ainda seguem os modelos mais tradicionais.
Diante deste cenário, uma tecnologia que vem ganhando destaque e auxiliando as lideranças neste desafio são as realidades Virtual (VR) e Aumentada (VA).
Segundo Marcelo Marcati, COO e cofundador da Venturion , estúdio de experiências imersivas investido pela Tapps Ventures , investir nesse recurso, em especial em tempos de distanciamento social, pode ser uma grande oportunidade para as empresas se aproximarem mais dos colaboradores, tornando o conteúdo mais atrativo e assertivo.

Times mais motivados: Mais interessantes

As mecânicas têm sido tão interessantes para as organizações manterem os funcionários motivados durante a pandemia, que segundo um levantamento da IDC no final de 2020, os gastos relacionados a treinamentos corporativos com Realidade Virtual chegaram a mais de US﹩ 1 bilhão.

“Muito mais do ter um conteúdo robusto e didático, é necessário entender como as pessoas podem, de fato, aprender e reter as informações que foram passadas.
O grande diferencial dessas tecnologias, independente do ramo em que está sendo aplicada, permite que o foco esteja totalmente voltado ao conteúdo proposto, além de ser uma excelente ferramenta para proporcionar o engajamento, apelo emocional e a prática lúdica”, ressalta Marcati.

Times mais motivados: Mas, quais as possibilidades que essas tecnologias podem oferecer?

As possibilidades da VR são diversas, mas o mais interessante da tecnologia é o uso de treinamentos que requerem “mão na massa”.
Isso porque a pessoa que está passando pelo treinamento consegue ver, na prática e de maneira realista, o que deve ser feito, possibilitando as chances de erro e acerto, mas em um ambiente seguro, tornando a atividade em uma experiência gamificada e trazendo feedbacks constantes e instantâneos.
De acordo com estudos da Universidade da Califórnia junto à PwC nos anos de 2018 e 2019, essas ferramentas que englobam a ludificação e o divertimento do trabalho podem aumentar mais de 30% a produtividade dos colaboradores.

Como a tecnologia une o processo de aprendizagem à prática, também é possível identificar possíveis falhas e problemas em uma determinada atividade e realizar os reparos necessários antes da entrega final do serviço, agregando mais valor ao trabalho, as tomadas de decisão mais estratégicas e transformando o modelo de negócios mais dinâmico e assertivo.

Times mais motivados: A Realidade Virtual

Além disso, a Realidade Virtual também pode ser uma grande aliada no quesito custos para a companhia. Isso porque, diferentemente dos treinamentos que exigem prática.
A empresa não precisará destinar recursos para locação de espaço e equipamentos específicos, uma vez que o uso de softwares e óculos de VR, por exemplo, já proporcionam uma experiência imersiva e realista.

Contudo, muito se engana quem pensa que a imersão só pode ser realizada por meio dos óculos. Seja por falta de logística, complexidade ou até mesmo orçamento mais apertado, a Realidade Virtual não precisa ser a única alternativa.

Times mais motivados: Desenvolvimento tecnológico

Graças ao desenvolvimento tecnológico, outro recurso também vem para suprir essa necessidade: a Realidade Aumentada. Aqui, é possível integrar o ambiente físico ao virtual de maneira instantânea com uso de dispositivos mais simples, como smartphones, por exemplo.

“Seja por meio de óculos ou outros dispositivos mais simples e acessíveis, o verdadeiro ‘pulo do gato’ é justamente mostrar aos colaboradores que é possível aprender rompendo as barreiras físicas e ainda conseguir se divertir durante a aprendizagem”, finaliza o COO da Venturion.

Times mais motivados: Sobre a Venturion

Presente no mercado há três anos, a Venturion, investida da Tapps Ventures – startup que acelera novos negócios -, é referência em experiências imersivas gamificadas, que alia inovação tecnológica com fatores sensoriais e emocionais para humanizar as relações entre tecnologia, público empresas e seus produtos e serviços.

Todas as plataformas em Realidade Virtual, 3D e Realidade Aumentada são desenvolvidas através da Unity, uma engine com tecnologia de ponta que permite a construção de jogos e serviços corporativos com gráficos de alta qualidade e interatividade imersiva.
Trata-se de uma plataforma utilizada em games premiados e em atrações imersivas nos melhores parques de diversões do mundo.

Times mais motivados: Sobre a Tapps Ventures

Fundada em 2018, a Tapps Ventures é uma Startup Studio, do Grupo Tapps, com objetivo de descobrir ideias e impulsionar outras startups emergentes para alcançarem seu potencial.
No portfólio, Tapps Ventures já conta com as empresas: SPXP , portal de experiências da cidade de São Paulo; TeamUpp , empresa de consultoria especializada em engajamento e bem-estar gamificados, e Venturion , estúdio que desenvolve produtos inovadores em tecnologia de Realidade Virtual.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui