Pesquisa aponta que trabalho freelancer deve crescer no cenário pós-COVID

Trabalho freelancer

Levantamento global indica que apelo pela mobilidade segue em crescimento, assim como o trabalho freelancer.

Estudo global realizado pela ADP Research Institute, com trabalhadores de quatro continentes, demonstra que a busca por formas de trabalho mais flexíveis segue como um dos principais desejos das pessoas no que diz respeito a forma de atividade laboral, mesmo no cenário trazido pelo novo coronavírus.

Trabalho freelancer: A pesquisa

A pesquisa, que foi realizada nos cenários pré e pós-COVID-19, indica que, na primeira edição, entre os trabalhadores entrevistados no Brasil, 18% afirmaram preferência por atuar em um trabalho freelancer, caso tivessem esta escolha. Já na segunda consulta, efetuada em junho deste ano, essa porcentagem subiu para 20%.

Segundo a vice-presidente de Recursos Humanos da ADP na América Latina, Mariane Guerra, os trabalhadores estão, cada vez mais, valorizando formas de trabalho que permitam um maior equilíbrio entre vida profissional e outras atividades que lhes interessam. Por isso, é natural vermos um incremento de formas laborais mais flexíveis, como o freelancer.

“Um outro dado trazido pelo estudo enfatiza também que, com o avanço das novas tecnologias, que permitiu aos trabalhadores executarem com facilidades as suas atividades de forma remota, os gestores, também, estão mais receptivos à implementação de formas de trabalho que possibilitem maior tempo livre aos funcionários”, pontua Mariane.

Trabalho freelancer: Mais dados da pesquisa

A pesquisa aponta, ainda, que a porcentagem de trabalhadores brasileiros que afirmam que suas empresas possuem uma política oficial que permite trabalho flexível quase que dobrou na comparação com a primeira edição do estudo, passando de 27% dos entrevistados para 50%.

A primeira parte da pesquisa foi realizada entre os meses de novembro e dezembro de 2019, e ouviu 32 mil trabalhadores, em 17 países do mundo. Já a segunda edição, ocorreu entre os meses de maio e junho deste ano, portanto pós-coronavírus, e ouviu 11 mil trabalhadores, em seis países (Espanha,Reino Unido, EUA, China, Índia e Brasil), selecionados como representativos das regiões Ásia-Pacífico, Europa, América do Norte e América Latina, para o trabalho comparativo.

Trabalho freelancer: Sobre a ADP (NASDAQ-ADP)

A companhia oferece produtos de ponta, serviços de alta qualidade e experiências excepcionais para que as pessoas alcancem o máximo potencial no trabalho. Os serviços e produtos da empresa para RH, Talento, Benefícios, Folha de Pagamento e Compliance são baseados em dados, mas desenhados para pessoas.

Saiba mais em: https://www.adp.com.br.

Trabalho freelancer: Outras vagas de emprego

Cebrac Empregos tem disponível mais de cinco mil vagas de trabalho.

No último dia 23, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgou mais um dado atualizado sobre o desemprego no Brasil, em setembro, o país registrou um contingente de 13,5 milhões de desempregados, se comparado à maio (mês que o IBGE começou o cálculo mensal devido a pandemia de COVID-19), o crescimento foi de 33,5%.

Além do cadastro gratuíto do currículo, o CEBRAC oferece cursos gratuitos de capacitação profissional. Através do PIEP (Programa de Inteligência Emocional e Profissional) há os cursos de letramento digital e QI (Qualificação Imediata) para auxiliar os brasileiros na inserção no mercado de trabalho.

Saiba como se inscrever AQUI.

Ifood

As vagas Ifood são para product owner, coordenador técnico, desenvolvedor Full Stack pleno e sênior, desenvolvedor mobile sênior, UX designer, tester, DBA (SQL Server), analista de dados e SRE.

O SiteMercado, líder em e-commerce para supermercados no Brasil que faz parte do Grupo iFood, está com 80 vagas para contratação imediata de diversos níveis na área de tecnologia e produto.

As vagas abertas são para product owner, coordenador técnico, desenvolvedor Full Stack pleno e sênior, desenvolvedor mobile sênior, UX designer, tester, DBA (SQL Server), analista de dados e SRE.

Saiba como se inscrever AQUI.

Coca – Cola

As vagas Coca cola são para operador de máquina, motorista, promotor e vendedor, entre outras funções; algumas vagas têm possibilidade de efetivação.

A Coca Cola FEMSA Brasil, maior engarrafadora de produtos Coca-Cola no mundo em volume de vendas, abriu 1.400 postos de trabalho temporário nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

As oportunidades fazem parte do Plano Verão que visa à contratação de colaboradores temporários para apoiar o aumento significativo na produção, distribuição e venda de produtos na alta temporada.

Saiba como se inscrever AQUI.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui