Nós já comentamos a importância do networking profissional. E se você ainda não começou a sua rede de contatos, é melhor fazer isso agora! Mas, hoje vamos dar uma dica: como usar o LinkedIn com esse propósito.

A boa notícia é que o site, além de ser uma ótima forma de divulgar o currículo e conquistar a atenção dos recrutadores, é uma ferramenta incrível para construir uma rede de contatos.

“O LinkedIn é, sem dúvida, a melhor das redes sociais para se estabelecer conexões profissionais. Isso porque os participantes têm noção que qualquer relação com atividades não profissionais não é sequer bem-vinda”, diz o consultor Luciano Salamacha.

Aliás, Luciano diz que o diferencial do LinkedIn é a periodicidade e a qualidade das publicações. Elas são menos frequentes e mais concentradas em realizações e insights do mercado de trabalho.

Mas, com isso em mente, como fazer networking profissional pelo LinkedIn? Fique de olho às dicas abaixo.

1.Invista no seu perfil

Esse é o ponto mais importante quando se fala em networking no LinkedIn. Isso porque, o primeiro passo para construir uma boa rede de contatos é investindo no seu próprio perfil, tornando-o adequado e atrativo.

Nós já demos dicas de como criar um bom perfil na rede, e vale a pena colocar as sugestões na prática para conseguir resultados. Mas a ideia central é rechear a página com as suas principais realizações, despertando o interesse dos outros.

Isso significa que o foco é construir o seu perfil de forma que diferentes profissionais se interessem por trocar informações com você.

2.Faça convites personalizados

Se você encontrou um contato que gostaria de adicionar, lembre-se de fazer um convite personalizado. “Construa uma mensagem que se distancia das frases padrão, evitando a interpretação de que se trata de um convite massificado”, explica Luciano.

Mônica Ramos, consultora em gestão de pessoas e coach da MRPeople, diz também que essa mensagem pode dizer porque você quer contato – como pedir uma dica de atuação na área, ou explicar que você é um admirador do trabalho daquela pessoa.

“As pessoas não devem se intimidar em se conectar, pois a rede foi idealizada e existe para isso: potencializar contatos que irão gerar negócios, resultados, empregos, inovações, etc.”, diz ela. 

3.Interaja com a sua rede de contatos

Mais do que só adicionar pessoas, um bom networking profissional é constantemente ativo. Não adianta fazer conexões se você só interage quando precisa de um favor ou de um novo trabalho.

No entanto, se você não tem ideia de como interagir de forma construtiva na rede, Mônica dá algumas ideias:

  • curtir e comentar sobre postagens de pessoas e empresas;
  • seguir pessoas e empresas (o que ajuda muito caso você esteja buscando recolocação profissional);
  • publicar textos, artigos, conteúdos e enviar para pessoas do seu network;
  • conversar via caixa de mensagens (tendo um assunto relevante para comentar, discutir, compartilhar);
  • cumprimentar (em datas de aniversário, mudança de emprego, função, tempo na empresa);
  • participar de grupos da rede.

Ou seja, oportunidades de se fazer ver e ser visto não faltam por lá. Faça bom uso da ferramenta e comece o espalhar o seu nome e currículo de forma natural, para crescer a sua rede de contatos dia após dia.

4.Torne o networking profissional offline

Outro ponto interessante: lembre-se de, vez ou outra, levar os contatos para fora da internet. Uma interação cara a cara fortalece essa ligação, mas, segundo Luciano, é preciso cuidado na hora de fazer esses convites. 

“Um dos fatores mais relevantes é respeitar a progressão no contato, o que significa realizar um conjunto de interações dentro do ambiente da própria rede, evitando a insistência de transformar esse relacionamento em ambiente físico antes que a outra parte se sinta confortável para isso”, diz ele.

5.Tenha um objetivo claro 

Outro ponto importante, de acordo com Mônica, é saber porquê você quer crescer um network profissional. Você busca conhecer pessoas de áreas diferentes ou se fortalecer no próprio mercado?

“Ache na rede através da busca de pessoas pelos cargos, empresas e envie convites de conexão para aquelas que de alguma forma fazem sentido para o seu propósito”, explique.

Além disso, checar as conexões de pessoas que você já acompanha, e seguir outras que sejam relevantes para quem você já adicionou pode ser outra maneira de aumentar a rede.

A interação por lá automaticamente também vai ajudar com isso, atraindo pessoas que estejam alinhadas com o que você tem oferecido e buscado dentro da rede.

O principal é ter bom senso. Deixe as mensagens de “bom dia”, críticas e reclamações de fora. O LinkedIn é um espaço profissional, uma vitrine da sua carreira, e deve ser cultivado com atenção.

Portanto, use a página para aumentar a sua influência e número de contatos na sua área de atuação, interaja e fique esperto! É um exercício de observação e compartilhamento.