Mercado de trabalho no Brasil: 67% devem retomar contratações

mercado de trabalho no brasil

Mercado de trabalho no Brasil: estudo da Spring Professional revela : 67% das empresas pretendem retomar as contratações congeladas em razão da pandemia. Levantamento da companhia buscou entender como as empresas têm lidado com contratações e onboarding diante do novo cenário.

 A Spring Professional, especialista em recrutamento de nível sênior, divulga o resultado de uma pesquisa para entender os atuais processos de Recursos Humanos durante o período de isolamento social ocasionado pelo coronavírus. O levantamento, realizado entre os dias 20 e 30 de abril com p residentes, diretores e gerentes de áreas de negócios ou Recursos Humanos de mais de 150 empresas de diferentes setores de mercado , traz informações relevantes sobre as mudanças nos processos de contratações e como as empresas estão lidando com o employer branding, engajamento e onboarding durante a pandemia.

“Durante as últimas semanas, temas relacionados a home office, papel da liderança e vídeo conferência têm sido abordados. No entanto, chegamos à conclusão de que há um grupo relevante de pessoas que estão mudando ou vão mudar de emprego, e é muito importante termos informações sobre processos de contratações e onboarding , por isso, decidimos realizar essa pesquisa”, comenta Ricardo Rocha, Diretor Executivo da Spring Professional .

Mercado de trabalho no Brasil: contratações

A pesar da maioria dos setores seguir com o congelamento momentâneo de contratações (51%) , ou apenas com processos que já estavam em andamento (30%) , há uma parcela relevante de empresas (19 % do total), que segue contratando normalmente. Das companhias que seguem seu plano de contratação, destaque para os setores de Tecnologia ( 23,33% alegaram ter mantido o ritmo de contratações pré -pandemia ), seguido dos segmentos de Alimentos (20%), Farmacêutico (13,33%), Agronegócio (11%), Industrial (10%) e Logística (8%).

O estudo revela, ainda, que 67% das empresas pretendem retomar integralmente as contratações que estão congeladas e , por esse motivo, ainda que os processos não possam ser concluídos nesse período, seguem buscando candidatos  avançando nas etapas iniciais de seleção – 20% são startups de tecnologia , 19% são do segmento industrial, 13% do setor farmacêutico , 10% do segmento de bens de consumo, 10% de bancos e serviços financeiros e 6% da construção civil. J á 19% das companhias estarão em processo de revisão do plano de contratação e 14% não devem contratar mesmo após o término da pandemia .

Para as empresas que informaram que seguem contratando normalmente, ou que pelo menos estejam mantendo as contratações em curso, há um desafio ainda maior: todo o processo que era , em sua maioria , 100% presencial (entrega de documentos, exames, integração, local de trabalho), sofreu adaptações . A maioria das organizações ( 55% ) teve que efetuar mudanças significativas em seus processos admissionais e de integração.

” Nessas situações , é necessário observar o lado positivo em meio às incertezas . A s empresas estão sendo obrigadas a se reinventar, acelerar a transformação digital e , acima de tudo, repensar estratégias de engajamento e retenção de profissionais “, afirma Ricardo Rocha, Diretor Executivo da Spring Professional .

Mercado de trabalho no Brasil: processo de onboarding

Sobre os novos processos de onboarding , 94% destas empresas alegam que os candidatos estão confortáveis e compreendem a necessidade dessas mudanças, e entendem que isso não irá atrapalhar seu processo de integração às empresas. Além disso, 80% das companhias que implementaram mudanças no processo de onboarding alegam que pretendem manter (ou adaptar) essas inovações , mesmo após o fim do isolamento.

” Com o processo de onboarding on-line, a empresa consegue aprofundar a avaliação e comparação dos candidatos, até mesmo incluindo etapas e entrevistas adicionais ao processo, dada a facilidade proporcionada pela entrevista online , o que pode continuar sendo relevante mesmo após a pandemia “, destaca Ricardo Rocha.

Mercado de trabalho no Brasil: não fique parado

Nós do PraCarreiras sempre ressaltamos a importância de não ficar parado na quarentena. É importante sempre separar pelo menos uma hora do dia para focar no seu desenvolvimento profissional e pessoal. Isso contará pontos no momento da entrevista de emprego.

Por isso, é importante manter o currículo e LinkedIn atualizados, assim como outros sites de emprego, fortalecer o networking, estudar assuntos novos, fazer cursos online, participar de eventos online e se manter atualizados sobre o mercado de trabalho no Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui