Adote um Currículo dá visibilidade para quem busca emprego

adote um currículo

A pandemia de coronavírus fez com que o número de desempregados no Brasil aumentasse significativamente, deixando 12,9 milhões de desocupados no primeiro semestre de 2020. O número de postos de trabalho fechados soma quase 5 milhões no primeiro trimestre do ano. 

Segundo uma pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, IBGE, no mesmo período, mais de 989 mil pessoas entraram na fila por um emprego. Apenas no mês de abril, 860, 5 mil postos de emprego formal foram encerrados, segundo dados do Caged.

Com estes números e milhares de pessoas em busca de oportunidade, a esperança para conquistar uma recolocação profissional nasce através de uma ação voluntária. O projeto sem fins lucrativos Adote Um Currículo foi criado em 15 de abril por Rodrigo Chiesa e Paulo Silva, profissionais que atuam na área de design e tecnologia, e visa dar visibilidade a pessoas que foram desligadas por conta da pandemia. 

Para conhecer mais sobre o #adoteumcv, batemos um papo com o Rodrigo Chiesa, que contou como foi desenvolver o projeto. 

Como surgiu a ideia do Adote Um Currículo?

“O Adote um Currículo surgiu em abril através de uma conversa pelo WhatsApp entre eu e o outro fundador, Paulo Silva, sobre como a gente podia ajudar essas pessoas que foram demitidas por conta da pandemia. Fizemos isso na madrugada do dia 14 e no dia 15 já estava no ar. Algumas planilhas com nomes de pessoas que foram demitidas estavam rolando no LinkedIn, então pensamos em humanizar e tirar do excel, inserir a foto da pessoa, a história. O objetivo principal era isolar cada pessoa e dar visibilidade para ela.
Atualmente temos em média 400 currículos cadastrados por dia.”

Já tem quantos casos de pessoas contratadas?

“Temos 100 pessoas que foram recolocadas no mercado de trabalho de forma direta e indireta, que tiveram o currículo divulgado pela plataforma e já pediram para ter o cv retirado da base após a contratação.”

Como usar o adote um currículo?

A plataforma funciona assim: a cada acesso ao site é possível ver o perfil de um profissional com foto, nome e endereço no LinkedIn, e, com os botões para compartilhamento logo abaixo, o adotante pode compartilhar o perfil recebido. O adotante também pode ver outros profissionais, clicando no botão “Mostre outro CV”.

Adote um Currículo dá visibilidade para quem busca emprego
Adote um Currículo dá visibilidade para quem busca emprego

Como será o adote um currículo após a pandemia? 

“Nós chegamos em um tamanho que não é mais eu e o Paulo, é um movimento que ganhou vida própria. Enquanto tiver pessoas desempregadas ele será uma boa iniciativa para ajudar essas pessoas.

Para o Futuro, o adote um currículo continua com esse papel de mostrar as pessoas, dar visibilidade e oportunidade para elas. Criamos o projeto Adote Conhecimento, onde faremos webinars e vamos disponibilizar conteúdo de especialistas de forma gratuita. 

Também estamos fazendo parceria com empresas que estão contratando, compartilhando nossa base em troca da divulgação do nosso trabalho.”

Qual a dica para quem perdeu o emprego na pandemia e está buscando recolocação? 

“Para quem perdeu o emprego, a dica é aproveitar os movimentos que estão circulando, inclusive no LinkedIn, como o 9sot e o Movimento #ConexãoEmpatia. Tem muitas pessoas querendo ajudar e dividindo conhecimento.”

E aí, gostou de conhecer mais sobre o projeto Adote um Currículo? O Rodrigo e o Paulo trabalharam com o conhecimento e recursos que tinham nas mãos, tiveram a atitude e transformaram em realidade. Então, que ta começar a promover a mudança também ao seu redor se inspirando nessa história?

“Acreditamos que se cada um fizer um pouquinho, vamos trazer conforto e ajudar essas pessoas. A pior coisa que tem é passar por uma situação dessa e se sentir sozinho. Então, se cada um fizer sua parte e tentar ajudar um conhecido ou desconhecido é gratificante, e é uma forma de demonstrar carinho pelas pessoas.’, concluiu Rodrigo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui