O que não pode faltar em um currículo

O que não pode faltar em um currículo
Foto: Christin Hume / Unsplash

Hoje vamos falar sobre o que não pode faltar em um currículo. Montar o currículo perfeito vai além de saber o que você deve destacar ou não. Na verdade, existe um passo além que é entender o que um recrutador espera ver no seu CV para aumentar as suas chances de conseguir a vaga dos sonhos. Por isso, o PraCarreiras conversou com Monique Cipriano, Coordenadora de Gente e Gestão na Printi para entender mais sobre o assunto. Fique ligado. 

O que não pode faltar em um currículo:

1. O que não pode faltar em um currículo: clareza de informações

Segundo Monique, é muito importante estruturar o seu currículo de forma clara, sem informações repetidas e organizado por ordem cronológica. Nada de colocar a mesma experiência mais de uma vez para fazer volume ou elencá-las segundo o seu critério de importância. 

“Tudo vai depender da área que você atua, mas a experiência tem que estar escrita de forma objetiva, onde o recrutador possa entender o papel que ele exercia, os desafios que tiveram e os resultados alcançados”, diz ela. 

2. O que não pode faltar em um currículo: equivalência com a vaga

Para a coordenadora, o que costuma fazer os recrutadores descartarem um currículo de imediato é quando o candidato não tem o perfil da vaga. Isso acontece quando você se candidata para um trabalho que não está de acordo com as suas experiências profissionais – como um analista de marketing que se candidata para uma vaga de gerente financeiro. 

Ela explica: “Isso acontece muito quando o profissional está fora do mercado de trabalho há alguns anos e começa a querer a chamar atenção dos recrutadores. Mas não é efetivo e pode até comprometer negativamente o currículo dele”. Se esse é o seu caso, lembre-se que tem coisas mais efetivas que você pode fazer pela sua carreira quando está desempregado e que vão ajudar você com a recolocação. 

3.Área de atuação em destaque

Para Monique, existem muitas informações importantes em um currículo vitae, porém, o que deve ficar em destaque é a sua área de atuação. Seja Finanças, RH ou Tecnologia, isso precisa ficar claro logo de cara, já que é um bom primeiro filtro para os recrutadores. 

4.Cuidado com as informações

Um recrutador só vai olhar o seu currículo inteiro a depender da área e do nível da vaga. Por isso, vale a pena sempre investir com carinho em algumas categorias principais, como: graduação, as suas três últimas experiências profissionais e idioma (principalmente quando a posição exige domínio de outra língua). 

5.Conhecimento sobre o CV

Ao ler um currículo, um recrutador pode ter muitas dúvidas. “Por que esse profissional pulou tanto de uma empresa para outra em poucos meses?” “Por que ficou mais de 4 anos na empresa e não evoluiu na carreira?” “Você era cobrado por quais métricas?” “Quais foram os resultados alcançados com este ou aquele projeto?” Para respondê-las, você precisa ter conhecimento do seu próprio currículo e da sua experiência profissional, portanto estude a si mesmo! 

O que não pode faltar em um currículo: aprenda o passo a passo

Gostou do conteúdo? Se quiser aprender de forma mais detalhada como fazer um bom currículo, faça um de nossos cursos para conseguir emprego. Nossos professores são recrutadores do mercado e vão ensinar para você como montar um currículo, um perfil no LinkedIn, desenvolver sua comunicação, entre outros temas.

Todos os cursos possuem certificado e você pode inclusive adicioná-los no seu currículo. Não perca mais oportunidades de conseguir um emprego apenas porque não sabe como se posicionar no mercado de trabalho.

Incluir cursos no currículo deixa seu perfil profissional mais atrativo, demonstra seu interesse pela sua carreira e aumenta suas chances de conseguir um bom emprego.