Como criar novos hábitos?

Erika Linhares, executiva especializada em soft skills, palestrante e pedagoga, dá dicas de como criar novos hábitos no dia a dia e ter mindset progressivo.

Como criar novos hábitos: o que é um hábito?

O hábito é definido como algo que acontece quase que automaticamente sempre quando se recebe algum estímulo. Segundo Erika Linhares , executiva especializada em soft skills, uma pessoa, quando começa a repetir determinada ação várias vezes ao longo de meses, começa a executá-la sem pensar.

“No começo, ao aprender a dirigir, por exemplo, precisamos pensar em tudo, na embreagem, no freio, na marcha, no volante, no caminho e nos outros carros. Com o passar do tempo e com o hábito e a prática de dirigir, tudo fica automático. Não é preciso mais raciocinar para executar”, explica Erika.

Para a especialista em soft skills, o mesmo acontece ao iniciar a prática de algum esporte. No começo, é possível sentir dores e vontade de desistir. Mas, depois de um tempo insistindo, a prática começa a dar sensações boas. Quando o esporte vira hábito, aquilo começa a fazer falta se o indivíduo ficar um dia sem praticar.

Como criar novos hábitos: gatilhos

“O hábito é composto pela deixa, pela ação e pela recompensa. A deixa é o gatilho, aquilo que faz a pessoa entender que está na hora de fazer algo. No caso da corrida, o gatilho é acordar. Toda vez que acordar, vou sentir falta de correr”, diz.

Já a recompensa, de acordo com Erika, no caso da corrida, por exemplo, é se sentir bem. E é a recompensa que alimenta o hábito. ” Tudo que fizer de forma consistente durante o período de no mínimo 66 dias e que tenha deixa, ação e recompensa vira um hábito “, explica.

Uma leitura recomendada pela especialista é o livro “O Poder do Hábito”, de Charles Duhigg. Da obra, Erika seguiu várias recomendações que deram certo e também a ajudaram a criar e manter novos hábitos.

Como criar novos hábitos: mindeset fixo x mindest progressivo

Há diferenças nas formas como pessoas com mindset fixo e progressivo criam novos hábitos. Ao receber um feedback do líder da equipe, por exemplo, o profissional com mindset fixo é aquele que tem como ação levar as críticas para o lado pessoal e não prestar atenção no que foi dito. Como recompensa, ele se livra da culpa e do trabalho de ter que evoluir.

como criar novos hábitos
Erika Linhares é executiva especializada em soft skills, palestrante e pedagoga.

Já o profissional com mindset progressivo, segundo Erika, é aquele, cuja ação é escutar cada palavra do feedback e, ao fazer uma autoavaliação, tentar melhorar os pontos criticados. Caso não concorde, outra ação é justificar e argumentar sobre o por que de não concordar com determinadas coisas ditas no feedback.

“O profissional com mindset progressivo tem como recompensa aprender algo a partir do feedback dado, evoluir e ganhar a admiração de quem criticou e viu evolução do trabalho da pessoa” , comenta.

Como criar novos hábitos: reconhecer as recompensas

Ainda segundo a pedagoga, nem sempre as pessoas reconhecem as recompensas ou têm facilidade para identificá-las. Por isso, é importante comemorar cada conquista e vitória no dia a dia ainda que pequenas.

“É através dessa comemoração que se criam pequenas recompensas. Focar só na deixa e na ação dificulta a criação do hábito. É a celebração que dá fôlego e coragem de continuar”, diz.

Como criar novos hábitos no home office

O home office ainda é uma novidade para muitas pessoas que nunca trabalharam fora do escritório. E é por este motivo que ele ainda desperta muitas dúvidas e incertezas para os novatos neste formato de trabalho. Esse modelo trouxe mais flexibilidade e também redução de custos para as empresas, que passaram a enxergar que uma estrutura engessada não funciona mais. Ainda, a rotina de trabalho em casa deve ser uma prática que chegou para ficar com os chamados trabalho remoto. Se você está neste time de profissionais que estão vivendo o home office pela primeira vez, veja as dicas da advogada, Vivian Regina Bianchi Campos Cotait, para manter a produtividade.

“Rotina e organização de agenda são fundamentais. Você pode estipular um cronograma de tarefas e procurar seguir ao máximo esses horários. Se mora com alguém, procure dividir tarefas a depender da particularidade de cada um. Ex: em casa, como eu e meu marido estamos trabalhando profissionalmente e temos um filho pequeno, que requer atenção. A gente alterna entre eu trabalhar de manhã enquanto ele fica com a criança e depois inverte, assim à tarde ele trabalha e eu cuido do nosso filho. Claro que há momentos em que a agenda muda e conversar e negociar agendas é um bom caminho. Não se desespere se não conseguir seguir à risca o seu cronograma. Tenha a consciência e dedique-se a fazer o melhor possível na atual circunstância. Novos tempos, novas medidas.”, disse.

Leia matéria completa sobre como se adaptar ao home office aqui.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui